Soluções Financeiras

Crédito pessoal: saiba como usá-lo

Tempo de Leitura: 3 minutos

Você quer dinheiro rápido? Então o crédito pessoal pode ser a opção certa. Essa modalidade de empréstimo tem popularidade porque exige menos burocracia. Assim, dá para realizar projetos imediatos, como consertar o carro quebrado ou até mesmo liquidar uma dívida.

Porém, tome cuidado para não se enrolar nos pagamentos! É preciso distribuir o valor em parcelas que caibam no seu bolso. Como? Continue a leitura e confira dicas para utilizar o serviço da maneira mais acertada.

O que é crédito pessoal

O crédito pessoal é um tipo de empréstimo. A grande diferença, em relação a outras modalidades, é que você não precisa comprovar a finalidade daquele dinheiro.

Por exemplo, uma linha de financiamento imobiliário se destina exclusivamente à compra de uma casa. Já com o empréstimo pessoal isso não acontece: você usa a quantia da maneira que quiser.

Dica: Crédito para comprar carro: saiba como funciona e como contratá-lo

Outra vantagem está na facilidade da contratação. Se aprovado, o crédito é liberado cerca de 24 horas depois, sendo possível usá-lo naquele mesmo instante.

Além disso, existem facilidades de pagamento e também é possível negociar o valor das parcelas e a melhor data de vencimento.

Assista ao vídeo abaixo e saiba como o crédito pessoal pode te ajudar.

Cuidados ao solicitar crédito pessoal

Apesar das vantagens, lembre-se de que obter crédito pessoal significa contrair uma dívida. Portanto, você deve recorrer a essa opção apenas quando necessário. Veja os cuidados para minimizar os riscos da operação:

Dica: Saiba quais tipos de crédito podem ser usados para regularizar suas contas

1. Calcule quanto dinheiro você precisa

Primeiro, saiba o preço do seu sonho. Você quer reformar a casa? Pagar uma pós-graduação? Adquirir insumos para um novo empreendimento? Em todos esses casos, é possível calcular um orçamento preciso.

Essa informação é importante para você não obter um crédito muito superior à sua demanda. Como o pagamento é parcelado a juros, uma quantia alta ficaria ainda maior quando a última prestação fosse quitada. Desperdício de recursos, né?

2. Pesquise instituições financeiras

Algumas instituições financeiras, como cooperativas de crédito, possuem taxas mais baixas. Na dúvida, pesquise os nomes do mercado até encontrar aquele que garanta as melhores condições de negócio.

Vale reiterar que a contratação desse empréstimo tem pouca burocracia e, por isso, em breve o valor contratado estará disponível na sua conta.

Leia mais: Saiba como a Cresol pode ajudar a realizar seus sonhos agora!

3. Preste atenção aos juros

O crédito pessoal é conhecido por ter taxas baixas. Segundo o Banco Central, a média dos juros ficou em 5% ao mês, no primeiro semestre de 2020. Em contrapartida, a taxa média do cheque especial foi de 6,96% ao mês no período, enquanto o rotativo do cartão de crédito atingiu 12,25% mensais.

De todo modo, tome cuidado com esses acréscimos, pois os juros sempre encarecem uma dívida. O objetivo do empréstimo é pagar parcelas que caibam no seu bolso, mas, se as cifras finais forem muito mais altas que a quantia originalmente obtida, no fim das contas você vai ter desperdiçado grana.

Leia mais: 7 dicas para usar o cartão de crédito com inteligência

4. Tenha os documentos necessários à mão

Instituições financeiras como as cooperativas de crédito geralmente exigem uma documentação básica para conceder empréstimo aos clientes. Para agilizar o processo, tenha em mãos RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

Ainda, é bom detalhar o planejamento financeiro para a quitação da dívida. Afinal, você deve demonstrar que tem condições de arcar com o compromisso. (Entendeu por que é preciso calcular orçamento e juros das prestações?)

5. Use o cadastro positivo a seu favor

As instituições realizam uma análise do histórico financeiro do indivíduo antes de aprovar (ou não) o crédito pessoal. Por isso, vale a pena ser um bom pagador. Quite seus boletos em dia! Desse modo, você acumulará pontos favoráveis no cadastro positivo.

Dica: Crédito pessoal: tudo o que você precisa saber antes de contratar

Gostou das dicas? Esperamos que o conteúdo de hoje tenha sido útil. Precisando de mais informações sobre crédito pessoal e educação financeira, siga de olho no nosso blog. Até a próxima!

Categorias: Soluções Financeiras