Educação Financeira

5 dicas para fazer um bom uso do 13º salário

Tempo de Leitura: 3 minutos

Dinheiro extra sempre vai bem, né? Melhor ainda quando você consegue aproveitá-lo com sabedoria. Por exemplo, o seu 13º salário pode ser a quantia que estava faltando para organizar as finanças e começar o ano que vem com muito mais tranquilidade. Quer ver?

Como aproveitar o 13º salário com sabedoria

Hoje vamos listar cinco formas de fazer um bom uso do 13º. Acompanhe as dicas e prepare-se para trilhar o caminho da prosperidade!

Dica: 6 erros de quem quer poupar dinheiro e como evitá-los

1. Quitar as dívidas

Dívidas são como chamas na mata seca. Quando elas se espalham, fica mais difícil extingui-las. Então, toda grana que entra na conta acaba sendo consumida pelo fogo.

Pois o 13º ajuda a apagar esse incêndio. O ideal é usá-lo para quitar os boletos atrasados, dando preferência àqueles com juros altos, que são justamente os mais complicados de eliminar. Sim, estamos falando da temida fatura do cartão de crédito.

Outra estratégia de “rescaldo” consiste em adiantar o pagamento de compras parceladas que ainda vão vencer. Assim, você prepara o terreno para o salário de janeiro cair na conta limpinho, sem risco de torrá-lo em poucos dias.

Leia mais: Reserva de emergência: entenda o que é e como fazer a sua

2. Cobrir as despesas de janeiro

Vale lembrar que o início do ano traz consigo algumas despesas sazonais. É hora de pagar impostos, como o IPTU e o IPVA. Quem tem criança em casa também deve se preocupar com a matrícula na escola dos filhos, com o material escolar e outros gastos do tipo.

Se você não precisou saldar dívidas, que tal utilizar o 13º salário para adiantar os pagamentos de janeiro? Existe até recompensa aos cidadãos que recorrem a essa estratégia! Isso porque, desembolsando a quantia mais cedo, dá para obter bons descontos junto à prefeitura. Ótima maneira de economizar.

Dica: Planejar o futuro: 5 dicas para se organizar financeiramente

3. Bancar as festas de fim de ano

Algumas pessoas aproveitam o salário a mais para fazer a festa – literalmente. Afinal, dezembro significa ceia de Natal, troca de presentes e uma série de gastos que costumam pesar no orçamento.

Dica: Saiba como economizar no Natal

Mesmo quem controla os impulsos consumistas sente o impacto no bolso. É inevitável investir em peru, decoração natalina, lembrancinhas para os familiares… O que ninguém pode é contrair novas dívidas nesse processo!

Portanto, fica a dica: pague as compras de fim de ano à vista. Recorra ao 13º, se for o caso, mas não jogue prestações para o ano que vem. Seu saldo bancário agradece.

Dica: Crédito pessoal: saiba como usá-lo

4. Engordar os investimentos financeiros

Você tem uma reserva financeira para emergências? Se a resposta foi não, a verba do 13º pode ser uma forma de começar. Se a resposta foi sim, o dinheiro extra ajuda a engordar a poupança, garantindo ainda mais estabilidade para os momentos de aperto.

Dica: Como abrir uma conta na Cresol: tudo que você precisa saber

Além disso, há a alternativa de alocar o montante em outras aplicações, como CDB, CDI, Tesouro Direto e fundos de investimento. Esses ativos apresentam um rendimento mais alto, de forma que o patrimônio guardado vai crescendo acima da inflação. Ou seja: sua grana se valoriza no longo prazo. Pense nisso.

5. Fazer uma doação

Bem sabemos que o ano de 2020 não foi fácil para ninguém. A pandemia da Covid-19 afetou diversos setores da economia. Empresas fecharam as portas, o desemprego cresceu e milhões de brasileiros tiveram de recorrer ao auxílio emergencial para pôr comida na mesa.

Diante desse panorama, quem recebe o salário em dia está num grupo privilegiado. Você já pensou numa forma de contribuir para a sociedade voltar a crescer? Um bom uso do 13º seria destinar ao menos parte desse valor para uma instituição que atenda pessoas em situação de vulnerabilidade social. Se cada um faz o pouco que pode, logo todos nós saímos mais fortes desta crise.

Dica: O que é Pix: entenda o novo sistema de pagamentos instantâneos

Comece 2021 com as contas em dia

E então, tudo pronto para pôr nossas dicas em prática e usar o 13º salário com sabedoria? Ainda dá tempo de organizar as finanças. Nada melhor que começar o próximo ano com as contas equilibradas, não é verdade?

Esperamos que o conteúdo de hoje tenha sido útil. Se você gostou, aproveite e compartilhe o artigo com seus amigos e familiares! Todo mundo pode aprender a cuidar melhor do próprio dinheiro.

Dica: Quer reformar a casa gastando menos e com uma obra mais rápida? Confira as dicas!

Aliás, continuaremos trazendo noções de educação financeira e de investimentos pessoais nas próximas semanas. Siga de olho em nosso blog para acompanhar as novidades. Até a próxima!

Categorias: Educação Financeira