Educação Financeira

Os 10 mandamentos da educação financeira para 2021

Tempo de Leitura: 3 minutos

Hoje vamos falar de educação financeira. Se você nunca aprendeu como economizar dinheiro, essa é a sua chance. Que tal começar 2021 com hábitos mais saudáveis? Pequenas mudanças trarão um impacto superpositivo para o seu bolso.

Dica: Educação financeira pessoal: 8 passos para começar a sua

Os 10 mandamentos da educação financeira

A seguir, listamos dez princípios fáceis de aplicar no dia a dia. Eles ajudarão você a controlar os gastos, fazendo com que sobre mais grana no fim do mês. Acompanhe!

1. Invista em opções caseiras

Todo mundo merece um pouco de diversão, mas programas fora de casa costumam sair muito caro. Sem contar que o momento atual pede cautela nas saídas.

Em vez disso, invista em opções caseiras. Experimente preparar uma janta para os amigos mais chegados. Maratonar uma série no fim de semana também pode ser ótimo!

Dica: 6 maneiras de se divertir gastando pouco

2. Evite a tentação de fast food em dobro

As redes de lanchonetes adoram inventar maneiras de conquistar a clientela. Uma delas são as ofertas do tipo “dois sanduíches pelo preço de um”.

À primeira vista, parece vantajoso. Porém, será que você precisa comer dois hambúrgueres? Aliás, não seria melhor encontrar uma refeição mais saudável (e barata)?

Desconfie de promoções. Elas são feitas para estimular compras por impulso.

3. Use roupas versáteis

Investir num guarda-roupa inteligente é uma ótima dica para economizar dinheiro. Em vez de acumular várias peças que não combinam entre si, opte por itens curinga, que possam ser usados em diversas ocasiões.

Para ilustrar: uma calça preta de corte reto é neutra e atemporal. Ela vai bem tanto para o trabalho quanto para looks de festa.

4. Faça uma lista de compras

Supermercados são verdadeiros paraísos do consumo. É muito fácil perder-se entre as gôndolas e encher o carrinho com produtos supérfluos.

Dica: 8 dicas para diminuir os gastos em casa

Portanto, antes de ir às compras, faça uma lista do que falta na sua despensa. Ao chegar à loja, vá atrás somente desses artigos. Além de ótimo para o controle financeiro, o hábito faz você perder menos tempo fora de casa.

Qualquer que seja o seus planos, conte com a Cresol para realizá-lo. Assista ao vídeo abaixo!

5. Pague à vista sempre que possível

Uma regra de ouro da educação financeira é não contrair dívidas. Claro que aquisições de grande porte, como um carro ou uma casa, geralmente são financiadas. No entanto, as compras do dia a dia devem ser realizadas à vista sempre que possível.

Dica: 7 dicas para usar o cartão de crédito com inteligência

Essa medida força você a gastar apenas o que tem. E as coisas ficam mais baratas, pois não há juros sobre as parcelas.

6. Defina prioridades de pagamento

Outra dica para gastar melhor consiste em priorizar o que realmente importa. Tente fazer esse exercício quando receber o próximo salário. Primeiro, pague imediatamente as despesas fixas (água, luz, internet etc.). Depois, use o que sobrar como for possível.

Se o orçamento estiver apertado, faça escolhas. Comprar um celular ou um par de tênis? Depende do que você estiver precisando mais naquele momento.

Dica: Descubra como viajar gastando pouco

7. Mantenha uma reserva financeira

Muita gente não faz ideia de como guardar dinheiro, ainda mais em tempos de crise. Geralmente, jogam uma quantia pequena na poupança (quando sobra algum no fim do mês, claro).

Está errado. Pense na poupança como uma despesa fixa. Guarde o mesmo montante mensalmente, como se estivesse pagando um boleto. A reserva será importantíssima para investimentos futuros – viagem, reforma da casa e por aí vai.

Leia mais: Reserva de emergência: entenda o que é e como fazer a sua

8. Elabore uma planilha de gastos

Ter controle das despesas diárias é ótimo para visualizar quanto se está gastando e para onde vai toda a grana. Sugerimos que você divida a planilha em categorias: alimentação, saúde, lazer e assim por diante. Observe qual dessas áreas abocanha a maior parte de suas finanças e veja se é possível diminuir algum custo.

Dica: Guia do empreendedor: passo a passo para começar o próprio negócio

9. Deixe o carro na garagem

Seguindo o passo anterior, talvez você perceba como o gasto com transporte é substancial. Gasolina, manutenção e limpeza do automóvel podem ser bem onerosos.

Nesse caso, busque meios alternativos de locomoção. Vá para os lugares a pé, de ônibus ou de bicicleta. São opções mais saudáveis para o bolso, o corpo e o meio ambiente.

Dica: 8 hábitos sustentáveis que ajudam o planeta e economizam dinheiro

10. Leve marmita para o trabalho

Os hábitos alimentares também podem mudar. Você já calculou quanto custa almoçar em restaurante todo dia? Pois é: está na hora de aderir à marmita.

Quem não tem muito tempo para cozinhar durante a semana pode aproveitar o domingo. A saída é preparar grandes quantidades e, em seguida, congelar a comida em porções individuais. Elas serão usadas ao longo dos próximos dias.

Viu como educação financeira não tem mistério? Se você gostou das dicas para economizar e guardar dinheiro, continue de olho em nosso blog. Logo mais traremos novidades para todo mundo passar o ano com saldo positivo. Até a próxima!

Categorias: Educação Financeira