Comportamento

Descubra como viajar gastando pouco

Tempo de Leitura: 3 minutos

Acredite: você pode conhecer novos lugares sem comprometer o orçamento. O segredo de uma viagem barata está na organização. Um pouco de pesquisa, um tanto de controle e algumas adaptações no roteiro são suficientes para garantir férias inesquecíveis.

6 dicas para uma viagem barata

A seguir, ensinamos como viajar gastando pouco. São orientações bem fáceis de pôr em prática. Confira!

Dica: Educação financeira pessoal: 8 passos para começar a sua

1. Faça um bom planejamento financeiro

O primeiro passo é saber quanto você vai investir. Para isso, vale a pena elaborar uma planilha financeira.

Pesquise opções de restaurantes, hotéis e passeios no seu local de destino. Isso vai dar uma ideia do custo de vida naquele lugar.

A partir daí, estipule um teto de gastos diários com transporte, alimentação e hospedagem. Se achar necessário, reserve uma quantia para a compra de souvenires.

Lembre-se de que, quanto antes você fizer esse planejamento, mais tempo terá para juntar dinheiro até a viagem. Assim, vai dar para pagar as contas à vista – mais seguro que acumular dívidas no cartão de crédito.

Ainda, a antecedência é ótima para conseguir condições melhores em passagens e hotéis. Aproveite essa oportunidade!

2. Viaje na baixa temporada

Adoraria conhecer Salvador/BA durante o Carnaval? Pois é: você e milhões de brasileiros. Com tanta procura nessa época do ano, a tendência é que os preços subam. Trata-se da velha lei de oferta e demanda do mercado.

Férias escolares e feriados estendidos também são períodos mais salgados para o orçamento. Portanto, prefira passear na chamada baixa temporada.

Dica : Tudo o que você precisa saber para planejar uma viagem em família

É bem mais fácil programar uma viagem barata durante os meses de menor movimento. Tanto hotéis e restaurantes quanto passagens aéreas ficam mais em conta. Existem, inclusive, pacotes promocionais para famílias e grupos grandes, o que ajuda a economizar ainda mais.

3. Busque destinos mais econômicos

Cidades como Paris, Londres e Nova Iorque recebem um fluxo constante de turistas. Ou seja, são destinos caros o ano inteiro. Mesmo que você vá para lá na baixa temporada,  a aventura continuará pesando no bolso.

Em vez disso, que tal buscar alternativas fora do roteiro mais previsível? O mundo está cheio de lugares fantásticos, muitos dos quais ainda são desconhecidos do grande público. Justamente por essa razão, eles podem ser escolhas acessíveis. 

Aqui, reforçamos a dica de pesquisar preços. Se você quer viajar gastando pouco, tente informar-se sobre o custo médio dos restaurantes, sobre o valor dos ingressos de museus e até sobre a passagem de metrô. Essas despesas farão toda a diferença no seu planejamento financeiro

Para realizar sonhos, é preciso planejar. Assista o vídeo abaixo:

4. Procure passagens baratas

Bilhetes aéreos sofrem oscilações. A cotação do dólar, a proximidade do verão e outros fatores contribuem para alterar as cifras que os passageiros pagam.

Dica: 6 erros de quem quer poupar dinheiro e como evitá-los

Por exemplo, você sabia que embarcar na quarta-feira sai mais barato que na sexta? Ou que voos na madrugada geralmente custam menos que os da tarde? Isso sem mencionar as ofertas relâmpago das companhias.

Sendo assim, monitore os preços por algumas semanas antes de adquirir as passagens. Existem sites e aplicativos especializados nisso, como Melhores Destinos e Kayak. Eles comparam valores e enviam alertas de promoções, tornando-se ferramentas bastante úteis para baratear as despesas da viagem. 

5. Passe longe dos hotéis luxuosos

Outro elemento decisivo para viajar gastando pouco é economizar na hospedagem. Hotéis têm mordomias, como o serviço de quarto, mas isso significa pagar bem mais pela diária.

Já um hostel é uma acomodação simples, com quartos e banheiros coletivos. Caso você queira apenas um lugar para dormir e tomar banho, essa pode ser uma ótima opção.

Prefere um pouco mais de privacidade? Então experimente alugar uma casa ou um apartamento pelo Airbnb. O serviço se popularizou bastante nos últimos anos, oferecendo estada em destinos turísticos a preços superconvidativos.

6. Fuja dos restaurantes badalados

Bares e restaurantes que constam nos guias de viagens são atrações turísticas. Por isso, podem ser mais caros que o normal.

Quer realizar uma viagem barata de verdade? Então pergunte aos moradores da região onde eles costumam fazer as refeições. Os estabelecimentos locais servem comida boa por valores bem mais razoáveis.

Dica: 6 maneiras de se divertir gastando pouco

Também dá para cozinhar, claro. Quem se hospeda em hostel ou Airbnb geralmente tem a cozinha à disposição para preparar os próprios lanches. Passe no supermercado, compre os ingredientes e mão na massa! Para quem está com o orçamento apertado, o trabalho extra compensa.

Viu como viajar gastando pouco dinheiro pode ser simples? Esperamos que as dicas de hoje ajudem você a tirar as melhores férias dos últimos tempos! Aproveite, ainda, para continuar de olho em nosso blog. Toda semana, traremos novidades sobre economia doméstica e planejamento financeiro. Até a próxima.

Categorias: Comportamento