CresolCast

Tudo sobre o Pix

Tudo sobre o Pix
Tempo de Leitura: 3 minutos

Em uso desde novembro de 2020, o Pix já se tornou um dos mais populares meios de pagamento do país, já  superando o boleto, o TED e o DOC para a transferência de recursos entre contas bancárias.

Mas se você ainda tem alguma dúvida sobre esse meio de pagamento, veio ao lugar certo! Confira abaixo as principais dúvidas dos brasileiros sobre o assunto, respondidas de maneira prática e objetiva!

Este artigo é baseado no CresolCast #9 – Tudo sobre o Pix, que você pode ouvir abaixo:

O que é o Pix?

Lançado em novembro de 2020, o Pix foi aprovado pelo Banco Central para ser uma alternativa aos atuais meios de transferência e pagamento das instituições financeiras. 

Acontece que ele não é só “mais uma solução”, mas um meio que chegou para modificar o setor de maneira inovadora.

Afinal de contas, diferentemente do TED, do DOC e do boleto, ele é um meio de pagamento instantâneo, feito sem intermediários, e que promete transferir os fundos de uma conta para a outra em até dez segundos. Além de funcionar a qualquer hora e todos os dias do ano.

E o melhor: sem taxas! É uma transferência gratuita para os envolvidos. Não à toa, mencionamos que o Pix já se tornou mais popular do que os outros meios de pagamentos há tanto tempo usados pelo brasileiro.

É claro que a Cresol conta com o Pix e você pode usar esse tipo de transferência em sua conta bancária conosco! Por isso, dê uma conferida nas dúvidas mais comuns dos nossos cooperados!

Como usar o aplicativo do Pix?

Importante esclarecer isso desde o princípio: o Pix não é um aplicativo, mas um um meio de pagamento que funciona diretamente por meio do site ou do app da Cresol. Mantenha seus aplicativos atualizados para contar com esse serviço.

Seu funcionamento é similar ao de um TED ou DOC. Como destacamos, é um meio de pagamento, só que muito mais veloz e gratuito, de transferir recursos entre contas bancárias. 

Cada pessoa tem o seu código ou é preciso gerar um a cada Pix?

Você pode fazer o Pix de duas maneiras:

  • informando seus dados bancários, como você já fazia até então com outros meios de pagamento;
  • por meio do cadastro da sua chave Pix.

E o que seria a chave Pix? Trata-se de uma espécie de apelido que identifica rapidamente a sua identidade e a conta que vai ser usada para utilização do Pix.

Essa chave pode ser o número de CPF ou de telefone, o CNPJ da sua empresa ou o seu endereço de e-mail. Se preferir, você pode gerar um código aleatório pelo próprio sistema do Pix.

Com isso, basta informar a chave que você optou para o cadastro e informá-la a alguém. Ao fazer o Pix, a pessoa só vai precisar dessa informação e efetuar o pagamento que vai chegar até a sua conta em segundos.

Existem custos para Pessoa Física ou Pessoa jurídica usar o Pix?

Destacamos acima que o meio de pagamento veio para simplificar. E isso inclui a desburocratização na vida do brasileiro, fazendo com que esse meio de pagamento instantâneo seja gratuito — não há nada que prove o contrário, por enquanto. 

A única exigência é que, ao fazer a transferência para outra conta por meio do Pix, o usuário tenha saldo em sua conta bancária. Que é o mesmo que já acontece ao fazer um TED, por exemplo.

O Pix vai funcionar mesmo aos finais de semana?

Sim. Ele pode ser feito todos os dias da semana (mesmo nos feriados) a qualquer hora, não importando onde você esteja. Isso traz muito mais flexibilidade para você realizar transferências de qualquer lugar, e para qualquer oportunidade que surgir — emergencial ou não.

Vai poder fazer o Pix em mais de uma instituição?

Sim. Pessoa Física pode ter até 5 chaves cadastradas. Pessoa Jurídica, por sua vez, pode cadastrar até 20 chaves.

Dessa maneira, você pode escolher quais chaves usar em cada instituição financeira em que você tiver uma conta bancária. Só vale lembrar que o Pix não permite a utilização da mesma chave para instituições diferentes.

E saiba que, se preferir, você pode cadastrar todas as suas chaves conosco, na Cresol.

Agora que você já sabe tudo sobre o Pix, queremos ouvir um pouquinho mais de você: ficou com novas dúvidas sobre esse meio de pagamento instantâneo? Entre em contato conosco pelo comunicacao@cresol.com.br.

Categorias: CresolCast