Agricultura Familiar

Dia do Trabalhador Rural: a força que movimenta o campo e impulsiona o país

Dia do Trabalhador Rural: a força que movimenta o campo e impulsiona o país
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Os trabalhadores rurais são heróis na batalha contra a fome, resistência na luta por alimentos de qualidade para todos, carregam amor pela terra e apego pela vida no campo. Para homenagear as pessoas que trabalham nas zonas rurais foi instituído pelo decreto de lei 4.338, de 1º de junho de 1964, o Dia do Trabalhador Rural em 25 de maio. 

A data tem como marco a morte do deputado federal Fernando Ferrari (1921-1963), um importante aliado na luta pelos direitos dos trabalhadores do campo e questões sociais. A relevância do parlamentar é tanta que em 1971, foi instituído o Programa de Assistência ao Trabalhador Rural (Prorural), por meio da Lei Complementar n° 11, que ficou conhecida como Lei Fernando Ferrari.

Apesar de fundamental, os trabalhadores rurais são pouco valorizados. De acordo com dados do Censo (2010), mais de 25 milhões de pessoas trabalham no campo, mas somente cerca de 4,8 milhões são assalariados. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, 2009) verificou que a renda do trabalho na área rural no Brasil é quase 1/3 da renda do trabalho em área urbana. Além dos baixos salários, o setor precisa lidar com violência, dificuldade de acesso aos direitos trabalhistas e a falta de oportunidades. 

Muitas conquistas já foram alcançadas pelos trabalhadores rurais, mas ainda há muito a ser conquistado. Por isso, no Dia do Trabalhador Rural a Cresol propõe um momento de reflexão sobre a dedicação desses profissionais que produzem os alimentos presentes na mesa de milhares de brasileiro, que iniciam suas tarefas antes do sol nascer e não tem fins de semana ou dias ruins. Aos trabalhadores e trabalhadoras rurais, nossa gratidão e admiração!

Categorias: Agricultura Familiar , Especiais