Dicas

Como aproveitar a Black Friday sem entrar no vermelho

Como aproveitar a Black Friday sem entrar no vermelho
Tempo de Leitura: 2 minutos

Fazer uma lista de prioridades e pesquisar com antecedência pode gerar economia no bolso

Aproveitando que novembro é o mês de Black Friday, nós já apresentamos aqui no blog  dicas para os comerciantes lucrarem com a data. Dessa forma, a matéria de hoje é voltada aos consumidores que querem aproveitar as promoções sem entrar no vermelho.

A Black Friday é considerada por muitos, o momento certo para adquirir aquele item com o qual sempre sonhou ou até mesmo para antecipar as compras de Natal. Mas, não se pode deixar levar pela emoção das promoções e acabar gastando com o que não é necessário. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você possa aproveitar a data sem entrar no vermelho. 

Tenha em mente o que você precisa

Faça uma lista e mantenha o foco naquilo que você realmente precisa. Por conta dos altos números de acesso, muitos sites acabam congestionando e travando. Por isso, tenha em mente o que quer e pesquise diretamente o produto desejado, e não perca tempo vendo quais são as promoções. Lembre-se: a prioridade é o que você precisa. 

Pesquise muito antes de comprar

Aproveite agora que você já sabe o que quer comprar e pesquise muito em diferentes lojas, e, se possível, semanalmente até a data da ação de descontos. Busque somente por lojas confiáveis para não correr o risco de cair em uma “fraude”. 

Sites de busca são importantes aliados na hora de fazer o comparativo de preços, mas nem sempre podem ser eficazes. Anote e compare os preços com antecedência, quanto mais você souber sobre o histórico de preços de um produto, mais bem preparado estará na Black Friday. 

Fique atento às formas de pagamento

Tem dinheiro para pagamento à vista? Isso é muito bom, pois além de não criar dívidas, poderá receber um desconto ainda maior. Mas, caso você não tenha todo o dinheiro em mãos e realmente precisa de determinado produto, fique atento aos atuais números do seu cartão, e verifique sua real condição para saber se vai conseguir pagar a fatura.

Algumas pessoas tem o pensamento de que, se comprar com o cartão de crédito e parcelar em muitas vezes, será uma forma de economia, tendo em vista que as parcelas são pequenas. Porém, mesmo a parcela sendo pequena, é uma dívida que terá que ser paga.

Além disso, se você tem o hábito de comprar diferentes itens e costuma parcelar a maior parte ou todas as compras, isso se torna uma bola de neve que poderá gerar um endividamento maior no futuro. 

Também é importante prestar atenção às condições de pagamento, porque por vezes o valor a prazo tende a ter acréscimos. 

Antecipe as compras de Natal

Se você ainda não pensou a respeito, a Black Friday pode ser um bom momento para você antecipar as compras de natal. Você vai evitar filas, não vai deixar as compras para última hora, ou acabar perdendo o item que precisa por conta do estoque limitado. 

É importante ter cautela, pois como diz o ditado “nem tudo que reluz é ouro”, nem tudo que está em promoção pode ser um bom negócio. Talvez não valha a pena comprar tudo na Black Friday. Além disso, caso o dinheiro esteja curto, talvez não seja uma boa apostar em compras por impulso e correr o risco de encerrar o ano negativado e com contas.

Então pesquise bem, e reflita com calma sobre quais são as suas reais necessidades e suas possibilidades de pagamento sem afetar a saúde financeira.  

Categorias: Dicas