Educação Financeira

Consumo Consciente: uma mudança de hábitos para uma vida melhor

Consumo Consciente: uma mudança de hábitos para uma vida melhor
Tempo de Leitura: 2 minutos

A população mundial consome 30% mais recursos naturais do que a capacidade de renovação do planeta. Se esses padrões de consumo e produção se mantiverem, em menos de 50 anos serão necessários dois planetas Terra para atender às necessidades de água, energia e alimentos. Não é preciso dizer que esta situação ameaça a vida de todos os seres do planeta e a melhor maneira de mudar isso, é a partir do consumo consciente. Mas afinal, o que é consumo consciente? 

É importante ressaltar que todo consumo causa impacto na economia, nas relações sociais, na natureza e em você mesmo. O consumo consciente nada mais é do que o consumo com consciência dos impactos na hora de comprar, usar e descartar. Ao conhecer esses impactos, o consumidor tem em mãos o poder de maximizar os impactos positivos e minimizar os negativos, construindo assim um mundo melhor.

O consumo consciente é uma contribuição voluntária, cotidiana e solidária para garantir o futuro do planeta.
Foto: Reprodução/Revista Meio Ambiente Industrial

Segundo um levantamento realizado pelo Instituto Akatu (2018), o consumo mundial está  mal distribuído, cerca de 20% da população mundial concentra o consumo de 80% de todos os produtos e serviços do planeta e desperdiça ⅓ de tudo o que compra. A estimativa da pesquisa é que nos próximos 20 anos, devem haver três bilhões de pessoas desperdiçando alimentos, demorando mais do que o necessário no banho e gastando absurdamente em produtos que não precisam.

O modelo de consumo capitalista, imediatista, que busca apenas a satisfação rápida e o lucro, não se sustenta a longo prazo e já vem mostrando suas consequências, seja no que diz respeito às mudanças climáticas, na fome mundial ou nos lixões que se acumulam em países como China e Índia. Para mudar essa realidade, é uma questão de hábito e pequenas mudanças no dia a dia, como fazer uma lista de compras, usar sacolas reutilizáveis, reciclar, aproveitar os alimentos ao máximo, fechar a torneira na hora de escovar os dentes, e outras atitudes que têm grande impacto no futuro.

Cooperativismo: um aliado indispensável para o consumo consciente

O cooperativismo é bastante significativo pelo seu incentivo à agricultura familiar e à economia solidária. O sistema cooperativista promove maior inserção econômica de pequenos produtores e melhor distribuição de renda. Os associados são orientados a produzirem e comprarem de maneira planejada e racional, assim, eles economizam e reduzem os impactos no meio ambiente. Ao comprar itens das cooperativas de alimentos, você auxilia no desenvolvimento da economia local, consome mercadorias produzidas por meio de práticas sustentáveis, que geralmente não possuem agrotóxicos, leva para casa itens com embalagens recicladas e ajuda a salvar o planeta.

Os produtores da agricultura familiar são responsáveis pela produção de 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros. Além disso, são importantes agentes na preservação ambiental. Junto da cooperativa, eles adotam medidas que minimizam o aquecimento global, os efeitos das mudanças climáticas, preservam as nascentes de água, a fauna e a flora da localidade. 

A concepção de produção e a caracterização da agricultura familiar são únicas, diferenciadas, inclusivas e sustentáveis. Adquirindo produtos do cooperativismo, você favorece a vida, o meio ambiente, a equidade de gêneros e as oportunidades para os trabalhadores e moradores do campo.

Categorias: Educação Financeira