Empreendedorismo

Como abrir uma empresa: passo a passo para tirar o sonho do papel

Como abrir uma empresa: passo a passo para tirar o sonho do papel
Tempo de Leitura: 2 minutos

Ter o próprio negócio é o sonho de milhares de brasileiros,  mas só de pensar nas etapas para abrir uma empresa já surgem as dúvidas com relação à documentação necessária, nome da empresa, registros, inscrição municipal, entre outros fatores. Mas calma, o processo de abertura de empresa não é nenhum bicho de sete cabeças e para ajudar, separamos passos importantes que vão te motivar a tirar o seus sonhos do papel. Confere aí!

* Documentos para abrir uma empresa

A formalização do seu negócio é o primeiro passo para o início das suas atividades empresariais, mas você precisa ficar atento para realizar corretamente todas as inscrições, licenças e alvarás necessários. Você precisará do comprovante de endereço do seu negócio e cópia do último Imposto de Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), em caso de imóveis alugados é necessário o contrato de aluguel. 

 Em relação a você e seus sócios, é necessário ter em mãos o Registro Geral (RG), Comprovante de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço, certidão de casamento, número de entrega do recibo do último Imposto de Renda de Pessoa Física. Além desses documentos, é preciso identificar o tipo de negócio da empresa e estimar o faturamento para o primeiro ano. A falta de algum desses documentos poderá atrasar ou até inviabilizar a abertura do seu empreendimento.

* Escolha do nome e registro de marca

Definir um bom nome para a empresa é essencial para que sua marca seja lembrada com facilidade pelos clientes. Para isso, crie um nome fácil de ser lembrado, curto, objetivo, atento às tendências e que venda a identidade da marca. 

Na hora de escolher o nome da sua empresa, não esqueça de verificar se o nome está disponível para registro. É extremamente importante ter o registro de marca junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para garantir a exclusividade e segurança da nomenclatura. Vale lembrar que o registro de marca é solicitado na hora de franquear o seu negócio e para verificação das redes sociais.

* Investimento

O valor a ser investido varia de acordo com o tipo de empresa, a complexidade e a cidade. Existem algumas taxas fixas, como o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), o Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF), a Junta Comercial e o Certificado Digital. Segundo uma pesquisa realizada pelo Sistema Firjan (2010), o custo médio de abertura de uma empresa pode variar em até 274% de uma cidade para a outra. 

Uma dica importante é destinar uma reserva para as despesas indiretas, como aluguel, reforma do ponto comercial e contratação de profissionais, gastos que precisam ser suportados pelo empresário antes mesmo de iniciar suas atividades.

Categorias: Empreendedorismo