Educação Financeira

Três dicas para equilibrar sua vida financeira

Três dicas para equilibrar sua vida financeira
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na hora de organizar sua vida financeira, é indispensável entender quais são os seus gastos mensais, pensar em formas de controlá-los e elaborar um plano para reduzi-los. A Cresol separou três dicas para ajudar você a entender seus gastos, equilibrar suas finanças e economizar.

1. Planilha de gastos

Uma planilha de gastos mensais é o primeiro passo para ordenar suas finanças, você deve anotar tudo o que gasta dentro de um mês. Em seguida, divida suas despesas em três categorias:

  • Gastos essenciais: aquelas despesas com itens indispensáveis para seu dia a dia, como custo com moradia, compras no supermercado, educação e saúde da família.
  • Estilo de vida: gastos com atividades que geram prazer, mas não são indispensáveis, como atividades de lazer e alimentação fora de casa.
  • Prioridades financeiras: são os custos que precisam estar no topo da sua lista de gastos mensais, como dívidas e investimentos.

Com essa organização, fica mais fácil compreender para onde seu dinheiro vai, o que precisa ser priorizado e o que deve ser reduzido no seu orçamento mensal.

2. Porcentagem para os gastos mensais

Existem diversas regras que visam estipular a porcentagem ideal para os gastos mensais. Dentre elas:

  • 50-15-35: indica dispor 50% da renda para gastos essenciais, 15% para prioridades financeiras e 35% para despesas de estilo de vida.
  • 50-30-20: estipula distribuir 50% da renda despesa essenciais e fixas, 30% para gastos variáveis relacionados a estilo de vida e 20% para prioridades financeiras e para o futuro.
  • 60-10-10-20: sugere reservar 60% da sua renda para gastos básicos, 10% para os objetivos de curto prazo, 10% para objetivos de longo prazo e 20% para gastos livres.

A porcentagem ideal dependerá muito do seu estilo de vida e padrão de consumo. Gaste com o básico, mas reserve dinheiro para lazer, cuidados pessoais e para realizar seus sonhos. Lembre-se que a base de uma vida financeira de sucesso é o equilíbrio.

3. Equilibre hoje, para realizar amanhã

Se você tem dificuldade para estabelecer os gastos mensais essenciais, pergunte-se: ‘Se eu ficar desempregado hoje, quais das minhas despesas serão cortadas ou reduzidas?’. Esse pequeno exercício vai lhe dar um indicativo de quais gastos devem realmente ser considerados básicos no seu orçamento doméstico. 

Não esqueça que equilíbrio financeiro não é acabar o mês empatando receita com despesa. Afinal, você precisa pensar no futuro e para isso, deve economizar!

Categorias: Educação Financeira