Dicas

Tenho uma boa ideia e quero começar um negócio: o que preciso saber?

Tenho uma boa ideia e quero começar um negócio: o que preciso saber?
Tempo de Leitura: 3 minutos

Planejamento combinado com ação são cruciais para fazer a ideia dar certo

Às vezes o sonho de abrir sua própria empresa está mais perto do que você imagina. Mas, para ter sucesso e dar início à realização deste sonho, é necessário tomar alguns cuidados e precauções para começar o projeto com o pé direito.

Abrir uma empresa requer um planejamento minucioso, é necessário prestar atenção a todos os detalhes para que tudo ocorra bem e saia como planejado. Nessas horas é necessário fazer um plano de negócios.   

Plano de negócios, o que é?

Imagine todas as anotações que você faz quando vai viajar: o roteiro, o quanto pode gastar. O Plano de Negócios é um projeto de como a sua empresa irá funcionar, é onde você irá anotar tudo que é necessário para que a ideia saia do papel.

Com um planejamento, você terá uma visão mais clara e consistente para abrir seu próprio negócio. O Plano deve estar em constante atualização e não esquecido dentro da gaveta.

Alguns pontos importantes que seu plano deve conter:

  • Qual é o ramo do seu negócio?
  • Quais serão seus principais produtos e serviços?
  • Quem é o seu público-alvo? Qual é o perfil dos seus clientes?

Realize uma pesquisa de mercado 

Você sabe em qual ramo atuará? Se não tiver claro, faça um estudo de mercado para entender as necessidades do seu público-alvo. Se você já sabe qual será seu ramo, é necessário estudar formas de se destacar entre a concorrência e entender as deficiências do mercado competitivo. 

Crie uma necessidade para o público 

Atender as necessidades é um fator importante para ter sucesso. O que o público deseja? É interessante fazer uma pesquisa para entender e posteriormente atender as demandas e desejos do consumidor. Essa pesquisa passa pelo benchmarking. Trata-se de uma análise  estratégica das melhores ações usadas por empresas que atuam no mesmo ramo que você atua ou pretende atuar. 

Independente do tamanho do seu negócio, é fundamental fazer seu uso, pois lhe permitirá acompanhar o seu desempenho em relação à concorrência. Nesta tarefa de monitoramento do mercado, entram em jogo a análise, interpretação, avaliação e estimativa das informações coletadas. Através do Benchmarking você poderá buscar as melhores referências e práticas realizadas pelas empresas do seu mercado, e respectivamente encontrar oportunidades e melhorias para o seu negócio.

Outro aspecto importante: onde sua empresa será instalada? Identificar um bom ponto para a instalação da sua empresa pode ser a chave para o sucesso ou fracasso do seu negócio. 

Quanto você pode investir?

Você tem um dinheiro guardado? Vai fazer financiamento? Saber esses dados vai ser de extrema importância na hora de investir. É necessário analisar quais serão as suas prioridades de investimento. Por exemplo, um espaço para sua empresa gerará custos como aluguel; por outro lado, se preferir fazer um investimento como a aquisição de um espaço, precisará se programar com o financiamento para esta compra. 

Outra questão em pauta é a contratação de funcionários. Será necessário contratar alguém neste primeiro momento? Se sim, é importante colocar na balança todos os direitos do trabalhador, como o pagamento de salário, se terá direito a plano de saúde, vale-alimentação, etc.  

Além de todas essas variáveis estratégicas, é também super importante montar um plano financeiro com indicadores que podem lhe orientar sobre a viabilidade do seu negócio. 

Organize informações sobre os cenários internos e externos

Analise SWOT (dos termos em inglês strengths, weaknesses, opportunities, threats) é uma Análise das Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças de determinado projeto.

Quando nos referimos à análise de uma empresa, é necessário analisar o ambiente interno e externo para entender os aspectos a serem melhorados e as qualidades, através da identificação e análise dos pontos fortes e fracos da organização, e das oportunidades e ameaças às quais ela está exposta.

Perfil empreendedor 

Você deve avaliar quais são as fraquezas e qualidades do seu negócio. Fazer uma  autoavaliação também é um processo importante na hora de planejar sua própria empresa. 

  • Posicione corretamente sua empresa no mercado
  • Montar estratégia de marketing 

Como dizem: a propaganda é a alma do negócio. Uma boa estratégia de marketing é crucial para atrair clientes e divulgar o seu negócio.

Para começar

Uma empresa precisa de uma instituição financeira que seja verdadeiramente parceira do seu negócio. Para isso, ela precisa ter um portfólio completo de soluções financeiras, mas também que entenda o que a empresa precisa para oferecer propostas personalizadas. 

Assim, as cooperativas de crédito são grandes parceiras dos negócios e empreendedores locais porque atuam de forma completa nas necessidades das empresas, mas também fomentam o desenvolvimento regional, mantendo os recursos no âmbito local, promovendo o crescimento de todos.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!

Categorias: Dicas