Agricultura Familiar

Três dicas para reduzir o consumo de agrotóxicos

Três dicas para reduzir o consumo de agrotóxicos
Tempo de Leitura: < 1 minuto

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama, 2017), os agricultores brasileiros utilizam cerca de 539,9 mil toneladas de agrotóxicos por ano. O país é considerado, pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, um dos principais mercados para os defensivos e registra anualmente muitas ocorrências de intoxicações e poluição de rios e solo.

Estudos apontam que quando mal aplicados, os defensivos químicos, podem causar sérios danos ao meio ambiente e à saúde humana. Com o intuito de fomentar esse debate e conscientizar a população sobre o uso racional dos produtos, foi estabelecido o Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos, em 11 de janeiro. 

Não existe uma fórmula mágica para diminuir o uso e o consumo de agrotóxicos, mas existem pequenas atitudes que podem fazer a diferença no seu dia a dia. Confira!

1. Lave frutas, verduras e legumes em água corrente

Apesar de não ser possível eliminar completamente os agrotóxicos, você pode diminuir o excesso de resíduo que está na superfície dos alimentos. Lave as frutas, verduras e legumes em água corrente com uma escova, usada só para esse fim, e sabão neutro.

Você também pode deixar os alimentos de molho por 30 minutos em hipoclorito de sódio (água sanitária) e depois, lavá-los em água corrente para eliminar resíduos.

2. Valorize os produtores locais

Dê preferência aos alimentos produzidos na sua cidade ou em locais próximos. Assim, você valoriza os agricultores familiares locais e reduz o consumo de alimentos que são pulverizados pós-colheita e possuem uma quantidade maior de agrotóxicos.

3. Opte por alimentos da estação

As frutas, as verduras e os legumes da estação possuem menos resíduos de agrotóxicos, são mais baratos, nutritivos e saborosos.

Categorias: Agricultura Familiar , Especiais