Cooperativismo

Qual a relação entre sustentabilidade e cooperativismo?

Qual a relação entre sustentabilidade e cooperativismo?
Tempo de Leitura: 3 minutos

Se preferir, ouça a narração deste artigo:

Mais do que nunca, tem se tornado primordial falar sobre nossa responsabilidade com o planeta que habitamos. E, muito mais do que falar, é necessário que pensemos em formas de colocar em prática novos comportamentos.

Há um ditado popular que questiona sobre “qual o mundo que queremos deixar para nossos filhos”. Mas, se pararmos para pensar, também precisamos estar cientes e oferecer nosso melhor para que as gerações que seguem saibam como fazer a sua parte. 

Assim, torna-se urgente buscar um modelo de sociedade mais humana e também mais sustentável. É aí que o cooperativismo entra: afinal, por essência, as cooperativas – de diversos segmentos — também têm esse compromisso socioambiental em sua base. 

Vamos, juntos, entender melhor qual a relação entre sustentabilidade e cooperativismo e os benefícios para toda a sociedade?

O que é sustentabilidade?

Estamos bastante acostumados a relacionar a sustentabilidade somente a questões ambientais. Mas, ela vai muito além: tem como objetivo alinhar a viabilidade econômica, a diversidade cultural e também a justiça social. 

Ou seja, sustentabilidade é tudo que visa ao bem comum de todos os envolvidos. Não é sobre lucros ou reconhecimento: é sobre o que muda a vida de todos para melhor. 

Dica: 8 hábitos sustentáveis que ajudam o planeta e economizam dinheiro

Em uma sociedade que tem, cada vez mais, primado pelo capitalismo desenfreado, colocando o consumo em primeiro lugar, ter a sustentabilidade como meta é um grande desafio. Mas não é impossível e o cooperativismo é um ótimo aliado para chegar lá.  

E cooperativismo: o que é?

Após compreender melhor sobre o que é sustentabilidade, vamos reforçar nossos conhecimentos acerca do cooperativismo. Conforme já mencionamos aqui no blog, o cooperativismo é um modelo de organização de pessoas que se unem em prol de um objetivo em comum, sendo que todos possuem participação e voz ativa nas decisões. 

Por meio do cooperativismo, esse grupo de pessoas tem suas chances de alcançar seus objetivos maiores do que teriam se lutassem sozinhos. É por meio da necessidade comum que o cooperativismo ganha força e transforma milhões de vidas diariamente. 

Qual a relação entre sustentabilidade e cooperativismo?

Agora que temos clareza sobre esses dois conceitos, vamos entender melhor como eles se relacionam na prática e geram resultados reais para as pessoas, para a sociedade e para todo ambiente onde estão inseridos. 

Tanto para o cooperativismo como para a sustentabilidade, as pessoas estão no centro de tudo. Assim, todas as ações e decisões têm por base o bem-estar comum dos envolvidos. E nada melhor do que um meio ambiente preservado e saudável para os seres humanos viverem bem. 

Neste ponto, a busca pelo menor impacto ambiental em todos os sentidos também une a sustentabilidade e o cooperativismo. Foi por esse objetivo que, em novembro de 2021, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) lançou um manifesto com a visão e o posicionamento do cooperativismo brasileiro a respeito da sustentabilidade e preservação ambiental do planeta.

Com ações práticas que já vêm sendo incorporadas pelas cooperativas, além de novas propostas, o documento fala sobre controle de emissão de carbono e de gases do efeito estufa, desmatamento ilegal e incentivos fiscais e monetários para produtores rurais que efetivamente tenham condutas a favor do meio ambiente. 

Vale destacar também a adoção e promoção contínua do uso de energia renovável diretamente nas cooperativas, bem como a disponibilização de linhas de financiamento pelas cooperativas de crédito, como a Cresol

É possível ver que, ao optar por uma cooperativa, você não somente tem acesso a melhores produtos e serviços, como também colabora diretamente para uma sociedade mais sustentável

Além da atuação direta, o cooperativismo também trabalha com projetos e iniciativas com diversos segmentos da sociedade, como crianças, adolescentes e idosos, tratando de temas relevantes e oferecendo melhores condições de vida para todos por meio da formação e informação. Isso também representa a sustentabilidade na prática!

Dica: Os impactos do cooperativismo de crédito no Brasil

Responsabilidade socioambiental do Sistema Cresol

Presente em todo país, o Sistema Cresol também assume diariamente um compromisso com a sustentabilidade socioambiental. Esse documento contém orientações que vão desde questões estratégicas até soluções financeiras oferecidas pela Cresol aos associados. 

Os valores que norteiam essa atuação da Cresol são os seguintes: 

  • Cooperativismo: com os 7 princípios
  • Desenvolvimento Sustentável: fomento ao crescimento local de inserção das cooperativas;
  • Transparência: uma relação de confiança com todos os envolvidos, direta e indiretamente;
  • Equidade: igualdade para que todos caminhem juntos;
  • Ética: efetivada em um documento exclusivo;
  • Prevenção: práticas de educação que informa e permite antecipar situações de risco em diversos âmbitos;
  • Relevância: primar pelo objetivo comum;
  • Proporcionalidade: entender a atuação e a responsabilidade do Sistema.

A construção de um mundo sustentável em todos os aspectos deve ser um acordo coletivo: cada um fazendo a sua parte e, nós, enquanto instituições cooperativas que fomentam essas práticas, temos maiores chances de alcançar esse objetivo. 

Nós queremos e lutamos constantemente por um mundo de igualdade e crescimento: você também pode fazer parte desse movimento. 

Vem junto. Somos a Cresol!

Categorias: Cooperativismo , Sustentabilidade