Soluções Financeiras

Saiba quais tipos de crédito podem ser usados para quitar dívidas

O mercado atual propicia alternativas para quem busca o crescimento sustentável e desendividamento. Pessoas físicas podem recorrer a essas múltiplas soluções.

Entretanto, conhecer a variedade de linhas de crédito para quitar dívidas não é fácil. Como escolher a mais vantajosa e adequada para o seu perfil?

Conseguir capital emprestado atualmente é quase instantâneo por conta de sistemas online e seguros. Todavia, ainda é preciso entender os mecanismos usados pelas companhias para liberação de uma determinada linha de crédito.

Existem inúmeros receios em relação às linhas de crédito, pois os juros são extremamente elevados. Com isso, torna-se difícil ao cooperado buscar uma saída viável. Grandes instituições como os bancos comuns buscam o melhor para si, o que pode minar a formação de uma parceria sólida.

Neste artigo, será abordado como solicitar essa ajuda financeira, as principais linhas de crédito existentes atualmente no mercado brasileiro e como escolher uma cooperativa referência.

Portanto, se você quer melhorar a administração em relação às finanças pessoais, continue lendo e descubra como é possível simplificar a sua vida em poucas etapas!

Como recorrer às linhas de crédito para quitar dívidas?

No Brasil, para se conseguir uma linha de crédito é necessário recorrer a uma instituição autorizada — pode ser um banco, financeira ou cooperativa — cada uma com suas vantagens específicas.

Esse empréstimo é concedido por bancos e instituições financeiras, onde é feita uma análise de crédito. É recomendado estar sem restrições em órgãos de análises e informações como Serasa Experian, SCPC e SPC.

Dica: 5 vantagens de empréstimos de cooperativas em comparação com bancos

As instituições geralmente solicitam documentos ao conceder o crédito para quitar dívidas, por isso, é importante ter em mãos esses comprovantes pessoais. Cada empresa possui o seu processo próprio para análise. Geralmente, são eles:

  • documento de identidade;
  • certidão de nascimento ou casamento;
  • comprovante de renda;
  • comprovante de residência.

As altas taxas de juros praticadas atualmente são vistas como armadilhas se não analisadas com muita cautela. O Banco Central do Brasil pratica uma taxa base, porém cada empreendimento acrescenta seu encargo administrativo com sustentação no risco de inadimplência.

Uma prática muito comum entre as fornecedoras de linhas de crédito é analisar o score do cliente. Essa importante ferramenta visa fornecer para as instituições informações relevantes sobre os cooperados antes da concessão e fechamento do negócio.

Dica: Como avaliar se uma taxa de juros é atrativa?

Com o mundo digital se tornando cada vez mais presente na vida pessoal, algumas empresas têm adotado outros métodos para analisar o score. As análises podem ser obtidas pelas redes sociais com o intuito de esclarecer se o indivíduo é um bom pagador. Tudo isso com o objetivo de analisar cada especificidade para poder firmar um contrato.

Quais são as linhas de crédito para quitar dívidas existentes?

Em meio a tantas fontes de captação financeira disponíveis no mercado, torna-se árduo compreender como contratar crédito e as melhores opções para o perfil ideal de cada pessoa física. Por isso é importante conhecer detalhadamente cada uma delas. Saiba quais são as principais disponíveis atualmente no mercado!

Empréstimo com garantia

É a modalidade de crédito que oferece a melhor taxa de juros e longo prazo para quitá-la. O cooperado proporciona um bem à instituição como garantia em caso de inadimplência para contratar o empréstimo.

O meio garantidor pode ser imóveis, veículos, salários e até mesmo joias. Essa categoria é um dos mais antigos modos de emprestar capital de giro e flexíveis para honrar com o pagamento.

Empréstimo consignado

Neste empréstimo, as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento ou da aposentadoria e o capital fica disponível direto na conta corrente. A instituição define as parcelas, taxas de juros e o valor.

Dica: Crédito consignado: entenda o que é e quais são os seus benefícios

Apesar de comprometer o salário, essa opção evita que o empréstimo não seja quitado, consequentemente, isso traz taxas de juros em torno de 1,5% ao mês. Foi apontada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) como uma das melhores opções de concessão, pois, mesmo com o nome comprometido, é possível uma análise para liberar o crédito.

Crédito pessoal

Conhecida pela simplicidade e rapidez, é a modalidade mais fácil de empréstimo de capital. É feita por meio de boleto bancário, débito automático ou cheque pré-datado, sendo possível escolher a melhor data para o vencimento.

Dica: Crédito pessoal: tudo o que você precisa saber antes de contratar

Pode ser requerida por qualquer pessoa, até mesmo negativados, bastando uma comprovação de renda. Os juros podem ficar entre 1% a 15% ao mês, variando no caso do valor e prazo para pagamento de parcelas.

Empréstimo com antecipação do décimo terceiro salário

Com uma taxa média que gira em torno de 3% ao mês, ele pode ser uma alternativa viável. Essa modalidade de concessão de crédito para pessoa física faz o desconto de juros e encargos quando ocorrer o recebimento do décimo terceiro salário.

Uma iniciativa prudente a se levar em consideração antes de recorrer a essa linha de crédito é ter um planejamento financeiro. Afinal, isso garante que não ocorram cortes de recursos essenciais, que poderão fazer falta ao decorrer do ano.

Microcrédito

Destinado a microempreendedores formais ou informais que possuem o faturamento anual bruto de até R$ 120 mil, o microcrédito atende aqueles que mais amargam dificuldade em obter créditos. Para obtê-lo é exigido não possuir restrições em órgãos como SERASA, SPC e SCPC.

Dica: Entenda a importância das cooperativas de crédito para o crescimento do mercado

As taxas variam entre 2% e 4% ao mês, sendo bem inferiores às linhas tradicionais disponíveis. Não é necessário apresentar um comprovante de renda, porém, como garantia para evitar calotes é solicitado um fiador ou imóvel como segurança.

Como escolher a instituição financeira de crédito para quitar as dívidas?

As cooperativas de crédito apresentam-se como alternativas aos bancos monopolistas e aliadas do cooperado para gerenciar a administração pessoal. Essas instituições têm como prioridade promover o desenvolvimento de um setor específico da economia com ênfase local e sustentabilidade institucional.

Além dos produtos financeiros também são disponibilizados seguros contra danos e outras modalidades de empréstimo. A cooperativa ainda auxilia ensinando como gerenciar a parte financeira mediante instruções fundamentais de administração.

Inovação e tecnologia são o segredo para o crescimento e liberdade do cooperado, por isso é indispensável escolher uma cooperativa que apresente diversos meios de pagamentos, como internet banking, cobrança bancária e aplicativo mobile.

As linhas de crédito para quitar dívidas são diversas e flexíveis, com todos os tipos de perfis que estão em busca de prosperidade no desenvolvimento. Todas essas opções têm a missão de melhorar a economia pessoal.

Agora que você entende melhor sobre linhas de crédito para quitar dívidas, compartilhe este texto em suas redes sociais para juntos ajudarmos mais pessoas!

Categorias: Soluções Financeiras