Educação Financeira

Prosperidade financeira: o que fazer para chegar lá

Prosperidade financeira: o que fazer para chegar lá
Tempo de Leitura: 4 minutos

Se preferir, ouça a narração deste artigo:

Muita gente tem o desejo de mudar de vida, embora não saiba exatamente o que fazer para chegar lá. Foi por isso que elaboramos o artigo de hoje. A seguir, vamos dar dicas para você atingir a prosperidade financeira. Afinal, se dinheiro não compra felicidade, ao menos resolve perrengues e abre caminho para a conquista dos nossos sonhos.

O que é prosperidade financeira?

Você pode até achar que prosperidade financeira está relacionada a acúmulo de riqueza, mas não se trata disso. Em vez de guardar fortunas, a ideia é ter a grana suficiente para o seu padrão de vida.

Uma pessoa próspera faz bom uso do salário, ainda que modesto. Ela não se envolve em dívidas, tem uma reserva para emergências e pode até cometer alguma extravagâncias de vez em quando.

É como a vida no campo: mesmo quem tem poucas sementes para plantar consegue colher frutos, se cuidar direito da terra. Já uma lavoura enorme, mas abandonada, ficará seca.

A importância da prosperidade financeira para sua vida

Quando você prospera, sua vida muda para melhor, a começar pelas noites mais tranquilas. Isso porque, com as contas em dia, dá para encostar a cabeça no travesseiro e dormir sem preocupações.

O saldo positivo na conta também abre espaço para pensar no futuro. É possível guardar dinheiro, garantindo segurança para os momentos de escassez ou crise econômica.

Então, com um patrimônio financeiro consolidado, sobram recursos para você realizar sonhos. Seja a compra da casa própria, seja uma viagem pelo mundo, tudo fica mais fácil de conquistar.

O papel da educação financeira para a prosperidade

Ninguém alcança a prosperidade num piscar de olhos. O segredo está na adoção de bons hábitos para a vida toda. Cortar supérfluos e poupar dinheiro, entre outras ações do tipo, devem se tornar permanentes.

Nesse ponto, vale a pena se informar sobre educação financeira. Esse é o termo que utilizamos para nos referir à habilidade de lidar com o próprio dinheiro.

Claro que equilibrar ganhos e gastos nem sempre será uma tarefa fácil. Porém, assim como cozinhar ou tocar um instrumento musical, esse é um conhecimento que você pode adquirir e aprimorar ao longo do tempo. Basta praticar.

Dica: 10 passos para começar sua educação financeira agora

Como prosperar financeiramente

Mas, enfim, por onde começar? Abaixo, listamos algumas dicas que poderão ajudar você na busca pela prosperidade financeira. Acompanhe:

1. Mude seus hábitos

Primeiro, procure se relacionar com o dinheiro de uma maneira saudável. É necessário cortar as compras supérfluas e economizar no dia a dia. Nesse estágio, a principal medida consiste em gastar menos do que você arrecada. Ou seja: as despesas do mês não podem superar o valor de seu salário.

2. Pague suas dívidas

Um sujeito endividado tem mais dificuldade para prosperar, pois boa parte da grana que entra já está comprometida com pendências. Portanto, trate de quitar seus débitos em atraso. Caso as somas estejam altas demais, vale a pena renegociar a dívida junto ao credor para pagá-las em parcelas mais baratas.

Dica: Hábitos que impedem você de guardar e investir dinheiro

3. Tenha objetivos

Em seguida, pergunte-se aonde você quer chegar. Seu objetivo é adquirir uma casa? Trocar o carro? Investir nos estudos? Todos esses sonhos têm um preço – e, sabendo quanto custam, quem sonha pode batalhar para transformá-los em realidade.

4. Defina metas

Agora chegou o momento de transformar os objetivos em metas. Mais que saber o que você quer, estipule um prazo e um plano de ação para conseguir aquilo. Por exemplo: se a ideia é juntar R$ 10 mil para viajar daqui a dois anos, comprometa-se a guardar R$ 417 por mês na poupança.

5. Faça um planejamento financeiro

Para tornar as metas mais realistas, monte um planejamento financeiro. Essa é uma ferramenta de controle na qual a pessoa anota quanto ganha por mês e quais são as despesas naquele período.

Com essas informações, você terá uma noção precisa do capital que sobra para investir. Retomando o exemplo anterior, se não der para reservar os R$ 417, ajuste a meta ao seu orçamento: que tal R$ 209 por mês, com prazo de quatro anos?

Dica: Aprenda a fazer um planejamento financeiro

6. Poupe dinheiro

Guardar dinheiro é um passo essencial da prosperidade financeira. O patrimônio acumulado vai dar aquela segurança nas horas de aperto, sabe? E não importa tanto a quantidade. Um pouco por mês, todo mês, já está ótimo. De grão em grão

7. Aprenda a investir

Ainda que a caderneta de poupança seja uma escolha popular para dar início à reserva financeira, há opções mais rentáveis. Alguns fundos de renda fixa entregam juros mais altos, de modo que o montante acumulado não se desvaloriza devido à inflação. Busque se informar sobre essas opções.

Dica: Como investir dinheiro – guia para iniciantes

E aí, gostou das dicas? Tem muito mais aqui no blog. Fique à vontade para conferir outros artigos sobre economia, investimentos pessoais e planejamento orçamentário.

Nós, da Cresol, estamos comprometidos com a prosperidade financeira de nossos cooperados. Vamos juntos construir um futuro melhor?

Categorias: Educação Financeira