Associados

Em tempos de pandemia, mantenha os cuidados também com a segurança “online”

Tempo de Leitura: 3 minutos

Em tempos de cuidados com a saúde redobrado devido a pandemia de Coronavírus (Covid-19), as pessoas tendem a realizar mais compras pela internet, bem como a utilizar o Internet Banking da Cresol com mais frequência para evitar se deslocar até a cooperativa. Ao mesmo tempo, nem em momentos como esse, algumas pessoas mal intencionadas deixam de agir. Pelo contrário, muitas se aproveitam da situação para aplicar golpes já que as pessoas estão mais vulneráveis e utilizando mais principalmente as compras “online”. Por isso, a velha expressão popular “todo cuidado é pouco” tem que ser levada ao pé da letra.

Para os associados da Cresol que utilizam cartões de crédito ou débito, é importante lembrar algumas dicas de segurança a começar pela mais básica: o cartão e senha são de uso pessoal e intransferível. Além disso, se você for comprar pela internet o ideal é habilitar essa modalidade apenas para o momento da compra, logo em seguida desabilitar novamente, garantindo assim mais segurança. Essa configuração é possível ser realizada no APP de cartões, mas caso tenha alguma dúvida entre em contato com a sua cooperativa que com certeza alguém irá lhe auxiliar. Quando possível, orienta-se a criação de cartões virtuais para esse tipo de compras. O cartão virtual deve ficar bloqueado e sempre que usá-lo, deve-se desbloquear e efetivar o bloqueio logo em seguida ao uso. A criação e gestão do cartão virtual também deve ser feita usando o APP de cartões.

Outro cuidado que você deve ter é verificar sempre se a página na internet em que está comprando é confiável e tem bons requisitos de segurança. Nunca digite os dados do seu cartão em páginas suspeitas ou quando não foi você quem solicitou a compra. Além disso, é importante manter sempre o computador ou celular que usa para compras na internet livre de vírus. E até mesmo se não usa para compras essa precaução é valiosa, afinal prevenir sempre é bom.

Clonagem, roubo ou furto

Mesmo tomando esses cuidados, você percebeu algo estranho e suspeita que seu cartão foi clonado? Ou então perdeu seu cartão ou o mesmo foi furtado /roubado? O que fazer? Nesses casos, você deve imediatamente bloquear o cartão utilizando o aplicativo (APP) de cartões ou ligando para a sua cooperativa, relatando o problema e solicitando o bloqueio.

Caso seu cartão seja clonado, você pode evitar que terceiros façam uso indevido do mesmo, fazendo imediatamente os seguintes passos: bloquear o cartão para evitar maiores prejuízos, conforme já mencionamos; registrar boletim de ocorrência, com o maior número de informações possíveis; e ligar para o 0800 que encontra-se no verso do seu cartão e solicitar abertura de contestação de vendas ou Chargeback (ato de contestação de uma compra via cartão de crédito), explicar a situação e enviar esclarecimentos e documentos que serão solicitados dentro dos prazos estabelecidos. Com isso, a instituição emissora do cartão juntamente com o arranjo de pagamento (grupo de instituições responsáveis pelo funcionamento do cartão) irá analisar os eventos envolvidos, o relato e a documentação e julgar mérito sobre o reembolso ou não da contestação.

O Chargeback é um mecanismo que existe para ressarcimentos em situações de fraude no cartão, que às vezes não são detectáveis pela bandeira ou processadora no momento da realização da transação. É um fundo para reembolso do usuário em eventos de fraude comprovada. No entanto, a tentativa de fraude do mecanismo de Chargeback é crime.

Lembrando que quanto antes esse processo for feito, maior é a chance de sucesso. Ainda, é importante frisar que não há reembolsos para fraudes em compras no débito, por isso sempre monitore sua conta e consulte regularmente os movimentos efetivados nela com cartão de débito, usando nosso Internet Banking ou APP de cartões. Qualquer irregularidade que perceber deve ser imediatamente comunicada a cooperativa, além de tomadas as providências já relatadas.

Categorias: Associados