Gestão de Pessoas

10 dicas para melhorar o relacionamento com fornecedores

Você já parou para pensar que um bom relacionamento com fornecedores pode ser determinante para o sucesso de seu empreendimento? Na verdade, fornecedores são praticamente parceiros nos negócios, uma vez que são responsáveis por garantir os insumos necessários para a realização das atividades diárias da empresa.

Portanto, engana-se quem considera empresas como entidades isoladas e independentes. Aliás, essa ideia pode afetar diretamente a produtividade e, consequentemente, a lucratividade de todo o sistema no qual, na verdade, um depende do outro.

Sendo assim, manter um bom relacionamento com fornecedores é fundamental. Confira as dicas que separamos para mostrar a você que se relacionar com empresas fornecedoras não é tão complicado quanto parece. Vamos lá?

1. Crie relações de parceria

Com fornecedores aliados do negócio, você melhora a qualidade dos serviços e produtos, diminui riscos e amplia as colaborações.

Para criar esse tipo de relação, por exemplo, mostre ao seu fornecedor como ele vai se beneficiar com você divulgando os produtos dele e que o crescimento de ambos é o objetivo dessa parceria.

Mas não fique apenas no discurso. Seu fornecedor precisará sentir essa parceria na prática!

2. Não coloque preço acima de qualidade

É muito comum gestores pressionarem fornecedores por uma diminuição de custos. Mas é fundamental ter em mente que é a qualidade que vai garantir a satisfação do cliente final.

É aquela velha história: o barato, às vezes, sai caro. Portanto, considere o custo-benefício e não apenas o preço baixo.

Portanto, ao negociar preços com os fornecedores, leve em conta a qualidade do produto que eles oferecem. Nem sempre o mais caro será o melhor, e o mais barato poderá trazer prejuízos. 

3. Alinhe os processos

O conceito de cadeia de suprimentos é estratégico para qualquer empreendimento e de vital importância para que não ocorram falhas em processos. Imagine ficar sem matéria-prima no meio da produção!

Um bom relacionamento com fornecedores garante estoques suficientes, entregas rápidas e insumos corretos. Para isso, crie acordos claros. Dessa forma, os processos mútuos se alinham e todos ganham com isso.

Você pode conseguir esse resultado com a ajuda de softwares que facilitam a troca de informações entre parceiros. Ao emitir uma ordem de compra, por exemplo, você aciona automaticamente o fornecedor por meio digital, sem a necessidade de ligações telefônicas.

Assim, tudo muito mais ágil e preciso, o que reduz custos para ambos os lados!

4. Estude e negocie condições

Antes de formalizar uma parceria, estude minuciosamente as condições propostas pelo potencial fornecedor, o que inclui armazenamento, prazos de entrega e de pagamento, preço, entre outros.

Isso garantirá uma escolha correta do fornecedor tendo em vista as necessidades da sua empresa. Além disso, você evitará incompatibilidade de expectativas e decepções futuras. Afinal, ausência de matéria-prima ou mercadorias impacta diretamente no seu quadro de vendas e na sua lucratividade.

Dica: Capital de giro para micro e pequenas empresas: entenda tudo aqui!

5. Estabeleça canais de comunicação

A troca de informações é fundamental para um relacionamento produtivo. Por isso, tenha um plano de comunicação estabelecido.

Esclareça quais são os canais de diálogo entre a empresa e seus fornecedores e os utilize bem, principalmente sendo transparente.

Sempre que contactar um fornecedor, seja objetivo para que não fiquem dúvidas com relação as suas expectativas e em relação ao serviço contratado.

6. Acompanhe os indicadores de desempenho dos fornecedores

Pode parecer contraditório, mas avaliar o desempenho também é uma estratégia para melhorar o relacionamento com fornecedores.

Só dessa forma você conseguirá, por exemplo, saber como melhorar. Para isso, escolha KPIs (Key Performance Indicator ou, em português, Indicadores-Chave de Desempenho) para os fornecedores e para a equipe interna de acordo com as metas da empresa.  

Esses indicadores precisam estar claros para todos os envolvidos, tanto da sua empresa quanto a de seu fornecedor. Afinal, para uma melhoria contínua, os colaboradores e parceiros precisam conhecer os critérios pelos quais serão avaliados.

7. Trabalhe com diversos fornecedores

Depender de poucos fornecedores não é uma boa ideia. Possibilidades reduzidas podem impactar negativamente tanto na qualidade quanto no preço dos insumos adquiridos.

Claro que há contratos de fidelidade, mas tenha sempre em mente o plano B. Leve em consideração que fornecedores podem ter imprevistos e, para que sua empresa não saia no prejuízo, é sempre bom contar com alternativas.

Além disso, esse plano B será útil na hora de negociar com seus fornecedores. Assim, você poderá aproveitar a concorrência saudável entre empresas a seu favor.

8. Pense no longo prazo

Contratar fornecedores pensando no longo prazo é sempre melhor e funciona como uma forma de incentivo para que se aprimorem e criem métodos cada vez mais eficazes para atender suas demandas.

Além disso, um fornecedor que já conhece a rotina de sua produção ajuda a agilizar as coisas. Para tanto, desenvolva metas de longo prazo e avalie constantemente o seu fornecedor para saber se ele está trabalhando alinhado a esse mesmo objetivo.

A Cresol está ao seu lado sempre que você precisar. Clique no banner abaixo e confira como podemos ajudar a sua empresa!

Cresol: Ao seu lado, sempre que precisar!

9. Compartilhe seus planos de produção

Para criar parcerias transparentes e relacionamentos duradouros, é fundamental que seus fornecedores conheçam o planejamento da sua empresa, o que inclui os planos de produção, de venda e, se houver, de expansão.

Dessa forma, eles terão tempo hábil para se preparar adequadamente para atender as suas demandas. 

O compartilhamento de algumas informações fortalecerá essa relação com seus fornecedores, que terão mais segurança com relação a uma parceria. Isso ajudará, inclusive, na negociação de preços e condições.

10. Valorize os bons fornecedores

Quem não gosta de ser reconhecido quando desempenha um bom trabalho? Valorize o esforço de seus fornecedores, seja com simples palavras, indicações ou até mesmo com premiações e novos contratos.

Dessa forma, certamente seu fornecedor vai se esforçar ainda mais para seguir trabalhando bem!

Em suma, para ter um ótimo relacionamento com fornecedores, não há segredo: mantenha um diálogo transparente, implemente metas de desempenho e controle de qualidade e invista em relações duradouras. Dessa forma, você transformará os fornecedores em parceiros do seu negócio e todos ganharão com isso. 

Gostou de nossas dicas para melhorar o relacionamento com fornecedores? Quer receber mais dicas para aprimorar o seu negócio? Então assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos!

Categorias: Gestão de Pessoas