Gestão

7 dicas para impulsionar o seu negócio

7 dicas para impulsionar o seu negócio
Tempo de Leitura: 4 minutos

Superar as adversidades faz parte do empreendedorismo. Quem quer impulsionar o próprio negócio precisa encontrar soluções criativas para driblar a concorrência, a crise econômica e os entraves impostos pela pandemia. É o seu caso? Então acompanhe as dicas de hoje.

Empreendedorismo: como fazer o negócio decolar

A lista abaixo fala bastante de planejamento, gestão e marketing. Esses são elementos importantes para qualquer empresa, mas ganham um peso ainda maior em épocas difíceis. Veja como agir para o seu projeto dar certo.

1. Inove no mercado

Preste atenção ao seu redor. Perceba como serviços do mesmo segmento que o seu vêm se posicionando no mercado. O que eles fazem muito bem? O que poderia melhorar?

Esse processo é conhecido como benchmarking. A partir daí, você conseguirá definir uma estratégia para se diferenciar no setor.

O ideal é suprir uma carência dos consumidores. Isso significa entender as necessidades do público-alvo e oferecer algo que ele demanda, mas ainda não tem.

Converse com sua equipe para encontrar novas maneiras de ganhar destaque. Vale atualizar o mix de produtos ou investir em serviços diferenciados.

Dica: O que você precisa saber sobre inovação

2. Melhore o atendimento

Mercadoria de qualidade a um preço justo pode ser o grande atrativo de uma loja. Porém, essa vantagem competitiva cai por terra quando os clientes não têm uma boa experiência de compra no ponto de venda.

O atendimento é importantíssimo nessas horas. Portanto, treine seus colaboradores para atingir resultados satisfatórios.

Num estabelecimento físico, a equipe deve receber os visitantes com cordialidade, além de oferecer ajuda para tirar dúvidas. No e-commerce, também é necessário pensar nas questões de tecnologia. O catálogo do site, por exemplo, tem que ser rápido e organizado para o comprador encontrar logo o que procura.

Um atendimento de excelência certamente pode impulsionar seu negócio.

3. Ofereça mais opções à clientela

Uma boa forma de impulsionar os negócios consiste em oferecer condições de pagamento facilitadas à clientela. Parcelar no cartão de crédito, usar o boleto bancário e até recorrer ao PIX são alternativas para conquistar as pessoas (com sorte, algumas inclusive consomem mais!).

Também vale apostar nos sorteios e nas promoções. Em lanchonetes, é comum ver os combos.

Você conhece a tática, né? Levar sanduíche, batata e refrigerante ao mesmo tempo sai mais barato que adquirir cada item individualmente. Assim, quem comeria apenas um hambúrguer acaba se convencendo em comprar o kit completo, elevando o tíquete médio da loja.

Dica: Entenda o PIX, novo sistema de pagamentos instantâneos

4. Controle as finanças

Apesar dos benefícios, tenha cuidado com descontos e promoções excessivas. Se você diminuir demais sua margem de lucro, corre o risco de não ter dinheiro para fechar as contas do mês.

Toda empresa precisa monitorar o fluxo de caixa. Os números de entrada devem ser maiores que os números de saída, senão algo terá que mudar.

Tente cortar custos sempre que possível para não repassar o aumento das despesas ao público. Afinal, quando o preço fica mais caro, muita gente deixa de consumir.

Outro recurso interessante é a reserva de emergência. Esse fundo serve para cobrir gastos imprevistos e segurar as pontas em épocas de baixo movimento.

Dica: Saiba como fazer sua reserva de emergência

5. Haja conforme a lei

A afirmação acima chega a soar óbvia, mas infelizmente há empreendedores que burlam a legislação para lucrar mais. Eles não pagam os encargos trabalhistas da equipe, deixam a manutenção de extintores de incêndio “para mais tarde”, entre outros absurdos que põem em risco a segurança de todos. 

Esse nunca foi nem nunca será o jeito correto de impulsionar os negócios. Para crescer, você deve estar em dia com as obrigações legais e as exigências dos órgãos de fiscalização.

Dica: peça auxílio a um escritório de contabilidade. Profissionais saberão indicar o regime tributário mais adequado (e menos oneroso) para sua empresa. Ah, às vezes tem desconto para quem antecipa o pagamento das taxas, hein?

6. Qualifique-se sempre

Lembra da nossa primeira sugestão? Pois bem. Da mesma forma que o benchmarking funciona para o seu estabelecimento, outros podem se inspirar em você para seguir adiante.

Essa dinâmica é do jogo. Não quer dizer que uma única empresa precise dominar o mercado inteiro, mas, sim, que todas elas devem continuar inovando para garantir seu espaço.

Fique de olho nas mudanças. Estude, aprimore suas habilidades e pesquise as próximas tendências. Aproveite para oferecer cursos de capacitação aos colaboradores, mantendo a equipe na mesma sintonia. Impulsione sua equipe e, consequentemente, impulsionará seu negócio.

7. Divulgue os serviços

Ok, já temos inovação, organização financeira, atendimento de qualidade… Falta mais o que para alavancar o negócio? Divulgação, claro!

O investimento em publicidade chega a ser tão estratégico quanto a escolha do local da loja ou do nome da marca. E conhecer o público-alvo faz bastante diferença para poder impulsionar seu negócio.

Identifique os hábitos de sua clientela. Dessa forma você encontrará os canais de comunicação mais adequados para anunciar. O bom é que hoje em dia, com redes sociais e ferramentas de marketing digital, ficou muito mais simples e barato atingir a audiência certa.

Dica: Como atrair mais clientes para o seu negócio

E aí, tudo pronto para sua empreitada se tornar um sucesso? Esperamos que este conteúdo seja útil na sua trajetória. Se você gostou, continue acompanhando o blog da Cresol. Ou acesse o site para mais soluções financeiras que vão ajudar a impulsionar seu negócio. Em breve voltaremos com mais dicas de empreendedorismo e educação financeira. Até lá!

Categorias: Gestão