Agricultura Familiar

Dia Mundial do Café: uma paixão que move o mundo

Dia Mundial do Café: uma paixão que move o mundo
Tempo de Leitura: 4 minutos

Na mesa do café da manhã, depois da refeição, no meio da tarde, não existe um horário certo para tomar um bom e velho cafezinho. Seja carioca, pingado, cappuccino, americano, descafeinado ou expresso, o café é uma paixão mundial, sem dúvidas. Tem quem tome o dia todo e aqueles que não gostam, mesmo assim, ele continua sendo o soberano na vida da população e até ganhou um dia só dele. Hoje, dia 14 de abril, comemora-se o Dia Mundial do Café!

Um levantamento da Embrapa (2019) estima que no mundo são consumidos anualmente, 167,90 milhões de sacas de 60kg de café. Com esses dados, o café tornou-se a segunda bebida mais consumida no planeta, perdendo apenas para a água. Além disso, trata-se do segundo elemento mais comercializado do mundo, atrás apenas do petróleo. Há mais de 100 anos, o Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café. Só nos dez primeiros meses de 2019, as exportações brasileiras atingiram 34,05 milhões de sacas.

O café é o estímulo perfeito para encher o seu dia de bons resultados. 
Foto: Reprodução/Pixabay

* A lenda do café

Há muitas lendas a respeito do surgimento do café. A mais significativa é datada do século IX, na região de Kaffa nas terras altas da Etiópia, por um pastor de cabras chamado Kaldi. De acordo com a história, o jovem pastor observava suas cabras comerem os frutos vermelhos de um arbusto na encosta de uma montanha e em seguida, elas ficavam frenéticas, saltitantes e conseguiam percorrer longas distâncias sem demonstrar sinais de cansaço. 

Kaldi passou a alimentar as suas cabras com esses frutos vermelhos e logo, resolveu experimentar. Ao perceber que estava mais alegre e bem-disposto, levou um ramo do arbusto para o monastério local e contou sua história para um monge. O monge declarou que aquilo era obra do diabo e queimou o ramo no pátio do monastério. Intrigado pelo aroma dessa queima, outro monge mais velho colheu as cinzas e fez uma infusão. Além do incrível aroma exalado na preparação, ele percebeu que a bebida lhe deu energia e acabou com o sono que sentia durante as orações matinais.

Os relatos se espalharam rapidamente e todos queriam provar os frutos vermelhos. Logo, o café conquistou o mundo, porém, nessa época, o grão era cultivado a sete chaves pelos árabes e países como Alemanha, França e Itália buscavam desesperadamente uma forma de ter um café para chamar de seu. Quando os holandeses finalmente conseguiram algumas mudas, o plantio do café se espalhou.

Em cada parte do mundo, o café representa formas diferentes de expressão e de convivência.
Foto: Reprodução/Pixabay

* Uma rotina equilibrada começa com um cafezinho!

Já tomou o seu cafezinho hoje? Aqueles que cultivam o hábito de beber café diariamente ingerem uma série de nutrientes. Seu principal composto ativo, a cafeína, é responsável por estimular o sistema nervoso, manter a atenção, o bom humor, ajudar no processo de respiração e de digestão. 

O consumo regular do café, auxiliar na prevenção do Alzheimer e da doença de Parkinson, contém substâncias antioxidantes, que eliminam os radicais livres e defendem o sistema imunológico. Além disso, a bebida alivia o estresse, reduz a glicose e a insulina, auxilia a liberação de gordura no corpo, diminui a fadiga dos músculos respiratórios, ameniza os sintomas da depressão, melhora a visão e aumenta a expectativa de vida.

O grande segredo para o consumo saudável do café, é o equilíbrio. Segundo pesquisas, o consumo seguro diário indicado é de 400 mg. A indicação é não adoçar, assim você garante o sabor e aroma originais. É importante lembrar que o alto consumo de açúcar pode gerar aumento de peso, diabetes, colesterol, triglicerídeos, desregular o funcionamento do intestino e aumentar o cansaço físico. 

E aí, já tomou o seu cafezinho hoje?
Foto: Reprodução/Giphy

* Curiosidades sobre o café

1. O primeiro ‘Rei do Café’ conhecido no mundo é o francês Henrique Dumont, pai de ninguém menos que Santos Dumont. 

2. Na Turquia, a cultura do café era algo tão sério que foi incluído na legislação uma cláusula que permitia as esposas de pedirem o divórcio se os maridos não fornecessem uma certa cota do produto.

3. Existem mais de 25 tipos de café. Os mais populares são Robusta, com teor de cafeína mais elevado, e Arábica, com sabor suave e menos cafeína.

4. Cerca de 25% do café consumido mundialmente é proveniente do Brasil.

5. Cafeomancia é a adivinhação do futuro através das borras de café.

6. São Paulo tem um dos maiores cafezais urbanos do Brasil, são mais de dois mil pés de café arábica plantados em sistema orgânico.

7. O mais importante banco de germoplasma de café do Brasil fica em Campinas, no interior paulista, onde são preservadas 15 espécies das 126 existentes no mundo. 

8. Os efeitos da cafeína surgem 10 minutos após o primeiro gole. Em 45 minutos, o café já nos deixa mais alerta. 

9. O café só amadurece enquanto estiver no pé, se tirar antes da hora pode esquecer.

10. A cafeína pode manter seu efeito de três a cinco horas no organismo.

Categorias: Agricultura Familiar , Associados , Especiais