Empreendedorismo

Delegar: um ato de liderança

Delegar: um ato de liderança
Tempo de Leitura: 2 minutos

À medida que sua empresa cresce e o atendimento começa a ser prejudicado pelo grande número de atividades e pela falta de tempo, é hora de delegar funções. Delegar é entender que você não tem mais condições de dar a devida atenção a algumas tarefas e o ato de descentralizar essa responsabilidade é o melhor a ser feito. Esse é um dos maiores desafios do empreendedor, pois delegar é um jogo de confiança, enquanto houver receio, o trabalho fica limitado. 

Um dos motivos que dificultam o ato de delegar, é o fato de que esse projeto que está aí funcionando, foi gerado e idealizado no mundo das suas ideias. Você sabe exatamente como as coisas devem funcionar e por isso, cria uma proteção, quase que maternal, com o seu negócio. Não há problema nenhum em ter cuidado, mas é preciso ter atenção para não diminuir o seu empreendimento até que ele caiba dentro do seu potencial de realização, que às vezes, pode estar fora da sua realidade.

É importante lembrar que se você é o tipo de pessoa que delega e fica fiscalizando de cima, na verdade, você não estará delegando. Isso porque, você delega para poder se ocupar com outras tarefas, não para vigiar o trabalho do outro. Se você se sente tenso com essa situação ou ainda tem receios com o assunto, confira três dicas para aprender a delegar sem neuras.

1. Conheça sua equipe

Conhecer sua equipe é o passo mais importante  para o bom andamento das atividades. Cada função deve ser distribuída de acordo com a capacidade da equipe, por isso, é indispensável saber quais são as capacidades do seu grupo de trabalho. É importante lembrar que não basta o funcionário ser qualificado no papel, ele precisa desempenhar a função com dedicação e amor.

2. Ofereça suporte e ajuda

É função do empreendedor entender quais são as principais dificuldades da equipe e tentar reduzi-las ao mínimo possível. Você precisa dar as condições para que seus funcionários se dediquem ao que lhes foi delegado. Os obstáculos podem ser desde a necessidade de equipamentos mais modernos e eficientes, até negociar com o cliente um prazo mais longo para que o trabalho seja feito de uma maneira melhor. Ofereça ao seu grupo de trabalho, espaço para debate e exposição de ideias.

3. Diga obrigado

Este é o passo mais simples, mas um dos mais difíceis para a maioria das pessoas aprenderem. Dizer obrigado inspira lealdade, proporciona satisfação real pelo trabalho realizado e se torna a base para avaliações de mentoria e desempenho. Quando alguém concluir uma tarefa ou um projeto que você delegou, demonstre apreciação genuína e faça observações, colocações e indicações em relação a atividade. Fazendo isso, você oferece às pessoas um roteiro para que elas continuem a fazer um bom trabalho para ter sucesso.

Categorias: Empreendedorismo