Comportamento

Contas de luz e gás aumentaram: dicas para economizar

Contas de luz e gás aumentaram: dicas para economizar
Tempo de Leitura: 5 minutos

Se preferir, ouça a narração deste artigo:

Sabemos que a vida adulta não anda muito fácil: além dos boletos, todo mundo percebeu que aquelas despesas fixas do mês também sofreram um impacto significativo. As contas aumentaram e a busca por formas de diversificar a renda e também de economizar em casa estão no topo das preocupações dos brasileiros. Entre as despesas que se destacam, estão as contas de luz e gás, que apresentaram de setembro deste ano até agora, um aumento de mais de 7% e 30%, respectivamente, neste ano

Esses aumentos, exatamente por se tratarem de custos fixos e que não podem faltar em casa, representam um grande impacto no orçamento familiar. Se as contas de luz e gás aumentam, sobra menos dinheiro para as outras despesas, para a reserva financeira e também para gastos com lazer. 

Mas, você deve ter se perguntado: por que tanto aumento nessas despesas? Há vários fatores que interferem no preço das contas de luz e gás, além da água; assim, quando há alguma mudança, gera-se um “efeito dominó”, que leva a este aumento. 

Inflação, crise hídrica, aumento do preço do petróleo e impostos são alguns dos itens que têm um papel sobre o preço da água e da luz. Na sequência, confira dicas que você, consumidor, pode colocar em prática para economizar em casa! 

Crise hídrica: impulsionador da conta de luz

O fator de maior relevância atualmente no aumento da conta de luz é a crise hídrica. Nosso país enfrenta a maior estiagem dos últimos 100 anos, o que leva o governo a ativar o uso de termelétricas, que são “mais caras” e também têm maior impacto ambiental. 

Ao acompanhar a redução dos reservatórios devido à falta de chuvas, o Governo Federal define a chamada Bandeira Tarifária vigente no mês. As bandeiras são: 

  • Bandeira verde: quando há boas condições de geração de energia e, por isso, não há cobrança adicional na fatura.
  • Bandeira amarela: neste caso, há algum alerta sobre as condições, que não se apresentam tão favoráveis. Isso leva a uma cobrança extra de R$ 1,874 a cada 100 kWh.’
  • Bandeira vermelha: ao identificar esse cenário, as termelétricas são ligadas, o que aumenta a cobrança extra a cada 100 kWh, sendo, em alguns casos, de R$ 3,971 e outros de R$ 9,492.
  • Bandeira de Escassez hídrica: quando definida esta bandeira, atinge-se o ápice do custo da energia, levando o custo para R$ 14,20 por 100 kWh. 

Essas ações visam resolver as despesas geradas para dar continuidade à geração de energia no país, o quais podem estar relacionados ao acionamento das termelétricas ou, até mesmo, da importação de energia de países vizinhos. 

Dica: 8 dicas para diminuir os gastos em casa

Dicas de como economizar na luz

A energia elétrica está em tudo na nossa casa: há tempos, o número de eletrodomésticos e eletrônicos nos lares brasileiros tem aumentado consideravelmente, levando a um crescimento substancial do consumo energético

Entender como otimizar o uso, além de outras ações a serem colocadas em prática, faz toda diferença na fatura a ser paga no final do mês. Confira algumas dicas que podem ajudar você a economizar na luz!

Fique atento ao uso do ferro elétrico

Deixe para utilizar o ferro elétrico em horários de menor uso energético da casa. Evite usá-lo quando alguém estiver no banho ou que tenha vários outros aparelhos ligados. Além disso, procure passar roupas de forma rápida, evitando deixar ligado sem necessidade.

Por último, dê preferência para passar roupas quando tiver uma boa quantidade de peças, para utilizar o ferro pontualmente. 

O que observar ao utilizar a máquina de lavar roupas

Assim como ferro de passar, espere ter uma boa quantidade de peças para lavar: assim, além de economizar energia, você também evita o desperdício de água. Procure deixar o filtro do equipamento sempre limpo.

Chuveiro elétrico: vilão da conta de luz

Com a chegada de dias mais quentes, é natural que haja um aumento no número de banhos diários. No entanto, essa prática também impacta na conta de luz. Assim, procure tomar banhos mais curtos e deixar o chuveiro desligado enquanto você ensaboa o corpo.

Evite tentar consertar uma resistência queimada do chuveiro: além de ser muito perigoso, também acaba exigindo ainda mais energia elétrica para o funcionamento do aparelho.

Dicas para a geladeira e o freezer

Muitas pessoas têm o costume de abrir a geladeira sem necessidade, principalmente para buscar algo para comer. Essa ação acaba consumindo bastante energia, então, é importante pensar bem antes de consultar o que está disponível para se alimentar.

Outro item é ter certeza que as borrachas da porta do aparelho estejam em bom estado, o que evita o desperdício.  

Dica: Guia para economizar dinheiro e construir seu patrimônio

Preço do gás: o que realmente gera o aumento?

O aumento na conta do gás, assim como da energia, também faz parte de um efeito em cadeia e, ainda mais, de âmbito global. Isso acontece porque, entre os fatores que compõem o preço, estão os tributos federais e estaduais, custos de distribuição e revenda e, o mais importante, o preço definido pela Petrobrás

O aumento no barril do petróleo é o carro-chefe da conta, já que registraram, neste ano, mais de 40% de crescimento no preço. Como esse item é importado pelo Brasil, podemos acrescentar a esse valor a taxa de câmbio.

Assim, nossa conta é calculada em reais, mas com base em dólar. Aí, passamos a compreender esse aumento estratosférico. Há especulações sobre uma revisão da política de preços, visando torná-la mais justa.   

Dica: Reserva de emergência: entenda o que é e como fazer a sua

Dicas de como economizar no gás

Diferente da energia elétrica, economizar no gás requer medidas que tenham segurança em primeiro lugar. Por isso, a conscientização e o cuidado são essenciais neste caso. 

Solicite medição individual de gás

Para quem mora em condomínio, vale a pena pedir para que seja adotada a medição individual de cada unidade. Isso permite que você possa controlar o consumo, entendendo como e quando pode diminuir e economizar. Para isso, existem sistemas que automatizam e auxiliam a tarefa, sem comprometer o tempo do síndico. 

Cuide a coloração das chamas

Possivelmente, você nunca parou para observar alguns sinais que o fogão dá quando algo não está funcionando bem. Muito além do cheiro de gás, vale a pena ficar atento, por exemplo, à cor das chamas. Caso estejam amareladas ou alaranjadas, há algum problema com as bocas, o que leva a um maior consumo.

O ideal é que as chamas estejam sempre azuis. 

Evite ficar abrindo e fechando o forno

Ao utilizar o forno do fogão para preparar um alimento, evite ficar abrindo a tampa com frequência. Essa orientação é no sentido de evitar que o calor interno se dissipe, o que leva a um consumo maior para que o forno consiga voltar ao estado anterior e assar o alimento. 

O que pode ser feito na hora de cozinhar

Dê preferência ao uso de tampas nas panelas, para facilitar e acelerar o cozimento. Também procure cortar os alimentos em pedaços menos para agilizar. E, por fim: utilize as bocas menores do fogão para panelas pequenas e as bocas maiores para panelas grandes. 

Quais as perspectivas para os preços das contas de luz e gás?

Com a volta, aos poucos, da normalização das atividades em função da vacinação da Covid-19, há também uma retomada da economia. No entanto, esse processo é lento e, por isso, por algum tempo, precisaremos arcar com essas despesas e novos aumentos na conta de luz e gás podem acontecer.

O aumento nessas despesas fixas pode levar a uma mudança maior na geração energética: novas fontes de energias, mais viáveis, menos poluentes e vitalícias ganham destaque, como a geração de energia solar e também a geração de energia eólica. 

Sabemos que este é um momento de transição para os brasileiros, no qual, com a pandemia, teremos a retomada de alguns hábitos, mas também o desenvolvimento de novos comportamentos

Estamos nos familiarizando com muitas coisas e, para isso, temos que estar a todo tempo, buscando formas de consumo consciente, antes de mais nada, em nossa casa, com quem divide o dia a dia com a gente. Assim, levaremos a mudanças maiores através do efeito global, por meio da cooperação, em que cada um fazendo a sua parte, temos o reflexo no todo.

Aqui na Cresol, nós buscamos estar sempre lado a lado de quem movimenta a economia, como o pequeno agricultor e os negócios locais, que foram tão impactados pela pandemia. Assim, colocamos em prática nossos valores e temos resultados que auxiliam a todos

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil e que ajude a economizar nas contas de luz e gás. Continue acompanhando nosso blog para mais dicas de finanças. Até a próxima!

Categorias: Comportamento , Educação Financeira