Soluções Financeiras

Como quitar despesas do início do ano com o crédito da Cresol

Como quitar despesas do início do ano com o crédito da Cresol
Tempo de Leitura: 6 minutos

Se preferir, ouça a narração deste artigo:

O novo ano chega e, junto com ele, chegam também contas que já fazem parte do nosso orçamento, como IPTU e IPVA. E quem não teve condições de se preparar para este momento, fica se perguntando qual o melhor caminho para quitar despesas e não começar o ano com contas em atraso.

Pagar essas contas à vista, como você deve saber, costuma ser bastante vantajoso. É por isso que vale a pena considerar a possibilidade de solicitar crédito e começar o ano com mais tranquilidade. Confira, neste artigo, como as despesas de fim de ano impactam a sua vida e quais são as linhas de crédito da Cresol que podem te ajudar neste momento.

Quais são as principais despesas de início de ano?

A preocupação que as famílias brasileiras têm com a chegada das contas de início de ano se dá, principalmente, porque elas não representam o tipo de gasto que podemos evitar ou reduzir facilmente.

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por exemplo, tem valor definido pela prefeitura de cada cidade e faz parte das despesas básicas de quem mora em áreas urbanas.

O mesmo vale para o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), imposto que é de responsabilidade do governo de cada estado e tem o valor definido no fim do ano. O IPVA deve ser pago por todas as pessoas que possuem veículo próprio e o valor varia conforme alguns critérios, como ano e modelo do veículo, por exemplo.

Outra despesa bastante comum no início do ano está relacionada à matrícula escolar e aos demais gastos envolvidos na educação — uniforme e material escolar, por exemplo. Por mais que você seja bom em negociar e consiga descontos interessantes nessas despesas, não é possível evitá-las, sendo preciso estar preparado para arcar com esses pagamentos.

E para quem é empreendedor, a missão de quitar despesas no início do ano não para por aí. A declaração de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) deve ser feita no primeiro trimestre do ano e, como todos sabem, ela pode acarretar no pagamento de impostos.

Dica: Entenda a importância do empreendedorismo feminino

Ou seja, se você não estiver preparado para estas despesas — e outras imprevistas que podem surgir no meio caminho —, seu orçamento pode ficar bastante comprometido nos primeiros meses do ano. É por isso que avaliar a possibilidade de solicitar crédito nessa época pode ser um bom negócio para você.

Como se organizar financeiramente para o início do ano?

Se não dá para evitar ou poupar facilmente nas despesas comuns no início do ano, não precisa se preocupar: é possível se planejar para elas e começar o ano sem dor de cabeça. Quer saber como?

Planejamento financeiro anual

Para evitar estresse e decisões precipitadas na hora de administrar as finanças no início do ano, é importante ter um planejamento financeiro anual que considere as sazonalidades de receitas e despesas.

Isso significa que você deve ter o controle dos valores financeiros que estão previstos para entrar e sair todos os meses, considerando todas as suas fontes de receita e todas as despesas

Não esqueça de considerar os aumentos previstos, como reajuste no aluguel ou em outras contas. Acredite: planejar o futuro é fundamental para você começar a se organizar financeiramente desde já.

A importância desse planejamento e dos sistemas de controle financeiro está no nível de consciência sobre a sua situação que eles dão. Ao acompanhar receitas e despesas mensalmente, você sabe em que momento do ano poderá fazer um investimento maior e quando consegue poupar mais — além de ter clareza em quais meses a situação pode ficar um pouco mais apertada.

Um planejamento financeiro bem feito também pode te ajudar a identificar a necessidade de cortar gastos para manter o orçamento controlado.

Esse controle pode ser feito no papel, em planilhas simples que registram mensalmente receitas e despesas ou até mesmo em aplicativos de gestão financeira, que podem ser muito úteis para ajudar neste momento.

Décimo terceiro e reserva financeira

No caso de quitar despesas do início do ano, vale a pena identificar quais possíveis rendas extras podem ajudar a montar uma reserva para fazer o pagamento à vista dessas contas que virão. 

É possível identificar no seu planejamento financeiro anual onde existe uma folga a mais para que, quando o ano virar, você tenha a renda necessária para quitar essas contas. 

Se guardar uma reserva financeira não for possível e você tiver dificuldade de quitar as despesas em dia, pode valer mais a pena contratar um empréstimo pessoal do que deixar de pagar uma dessas contas.

 O atraso no pagamento pode acarretar em juros altos e te levar para uma situação de endividamento, comprometendo sua classificação como bom pagador nas instituições de proteção ao crédito.

Além desses problemas, dívidas fazem mal à nossa saúde mental, atrapalhando diversos aspectos da vida. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), por exemplo, mostrou que cerca de 70% dos inadimplentes sofrem de ansiedade e outros impactos emocionais negativos por não conseguirem manter as contas em dia.

Dica: Reserva de emergência: entenda o que é e como fazer a sua

Pagamento à vista ou parcelado

Uma questão muito importante a ser observada quando falamos em quitar despesas no início do ano é a possibilidade de efetuar o pagamento à vista ou de forma parcelada.

No caso das despesas mais comuns que citamos — IPTU, IPVA e matrícula escolar —, é possível efetuar o parcelamento, mas, geralmente, os descontos são bastante atrativos para quem paga essas contas à vista.

Mais uma vez, um planejamento financeiro bem feito precisa entrar em jogo. Colocando essas despesas e os possíveis descontos no papel, você terá mais clareza sobre qual caminho seguir. E se não tiver condições de quitar essas despesas à vista, mais uma vez reforçamos a possibilidade de você buscar uma linha de crédito que te ajude neste momento.

Para chegar à conclusão de que o crédito realmente é a melhor opção para suas contas pessoais, você precisa fazer um diagnóstico honesto e realista das suas contas no início do ano. Pense no que vale mais a pena: pegar um empréstimo mais alto e pagar tudo à vista ou fazer o parcelamento de alguma delas.

Em alguns estados, o IPVA, por exemplo, permite o parcelamento em apenas três vezes. Para decidir qual o melhor caminho, compare os juros do parcelamento e o desconto à vista com as taxas da instituição financeira.

Quais são as soluções da Cresol para essas contas?

Na Cresol, contamos com diversas linhas de crédito.

O crédito pessoal, por exemplo, é uma boa opção para quem está precisando de dinheiro rápido e sem comprovação de destinação. Pode ser uma excelente solução para quem está buscando ajuda para quitar despesas nesse início de ano, sem que seja preciso começar 2022 com a renda comprometida.

Outra opção nesse sentido é a antecipação de recebíveis, solução válida para quem tem cheques pré-datados ou duplicatas a receber. Se esse for o seu caso, você pode procurar a Cresol e verificar a possibilidade de antecipar o recebimento desses valores para aliviar as contas de início de ano.

Aqui, vale o reforço: o planejamento financeiro anual vai te ajudar a entender se essa é uma boa solução para você.

É válido ressaltar que contratar um empréstimo ou outro tipo de crédito é assumir um compromisso financeiro com o qual você precisa arcar.

Por isso, tomar crédito para pagar contas à vista é uma boa opção apenas quando você consegue um desconto ou corre o risco de ficar inadimplente por não ter condição de quitar despesas — e, claro, quando o pagamento das parcelas do crédito cabe no seu orçamento.

Conte com a Cresol para te ajudar nessa missão!

https://www.youtube.com/watch?v=IwtkapuuOYo&ab_channel=Cresol

Quais são os diferenciais dessas linhas de crédito?

A primeira vantagem das linhas de crédito oferecidas pela Cresol está relacionada às taxas de juros. Por conhecer a realidade dos cooperadores e entender suas necessidades, a cooperativa consegue oferecer crédito com taxa de juros atraente.

Além disso, o tempo de aprovação da proposta e a disponibilização do crédito contratado na conta do cooperado também é ágil. Porque quem precisa de dinheiro para quitar despesas nesse início de ano não tem tempo para enfrentar burocracias nessa aprovação, não é mesmo?

Por fim, também vale ressaltar que a Cresol, por meio de suas linhas de crédito pessoal disponibilizadas para assalariados e empreendedores, consegue oferecer aos seus cooperados condições especiais no prazo para pagamento do crédito. O parcelamento pode ser bastante flexível e conforme a necessidade de quem contrata.

Como obter o crédito da Cresol para pagar essas despesas?

Se você entendeu que realmente precisa contratar crédito para quitar despesas nesse início de ano, reúna sua documentação e vá até uma agência de relacionamento Cresol. Os documentos necessários vão variar de acordo com o crédito a ser contratado, mas, geralmente, será preciso apresentar documentos de identificação pessoal (RG e CPF), comprovante de endereço, comprovante de renda e extrato bancário.

Como dissemos, o processo de contratar crédito com a Cresol é sem burocracia e, depois de seu pedido ser analisado e seu crédito aprovado, você deve receber o valor na sua conta em pouco tempo.

E aí, deu para entender as vantagens de contratar crédito pessoal para quitar as despesas do início do ano? Nada paga a tranquilidade de começar o ano sem contas em atraso, concorda?

Se você gostou de conhecer algumas soluções da Cresol, compartilhe o texto com seus amigos nas redes sociais. E siga acompanhando nossos conteúdos.

Categorias: Soluções Financeiras