Associados

Cinco dicas para auxiliar na reforma da sua casa

Cinco dicas para auxiliar na reforma da sua casa
Tempo de Leitura: 3 minutos

O início do ano é período ideal para reformas da casa, pois nessa época de férias é possível encontrar promoções de materiais de construção e mão de obra disponível com mais facilidade. Mas existem alguns cuidados que você precisa tomar para evitar problemas e dor de cabeça durante as obras. 

Confira cinco dicas para você reformar a sua casa sem transtornos e, principalmente, sem destruir o seu orçamento.

1. Faça um planejamento 

Antes de sair por aí contratando empresas e comprando itens para reforma, estabeleça um planejamento para definir o que será reformado. Pode parecer estranho, mas tem muita gente que começa uma obra sem saber tudo o que quer fazer e acaba gastando uma fortuna.

Um planejamento bem elaborado com todas as suas necessidades ajuda a reduzir o risco de gastos extras e atrasos. Ao planejar a reforma da sua casa, procure dividir o processo em etapas. Assim, fica mais fácil controlar o gasto de tempo e dinheiro de cada parte da obra e se alguma coisa estiver fora do planejado, você consegue organizar com mais tranquilidade.

2. Defina um limite de gastos

Para evitar que os custos da sua obra saiam do controle, defina um limite antes de colocar o martelo para trabalhar. Pesquise os preços de materiais, empresas e profissionais, faça orçamentos e negocie! 

Não esqueça de avaliar a sua capacidade de pagamento. Veja quanto dinheiro você pode investir sem ficar endividado ou com o orçamento apertado. O ideal é que você separe uma reserva especialmente para a reforma da sua casa antes de começar.

3. Invista em profissionais e materiais de qualidade

Sabe aquele jargão popular, ‘O barato sai caro’? Na hora da reforma ele serve perfeitamente! Não adianta contratar o profissional com menor preço, sem consultar o metódo de trabalho dele e saber se ele é realmente confiável e ideal para o que voê precisa. 

O mesmo vale para o material que será utilizado na obra. Não adianta comprar materiais de construção de baixo custo que terão que ser trocados em pouco tempo. Priorize a qualidade para garantir a proteção e cuidado com seu imóvel e sua família.

Reforma não precisa ser sinônimo de dor de cabeça, basta ter um bom planejamento e paciência.
Foto: Reprodução/Freepik 

4. Tome cuidado com a pressa

Mais do que inimiga da perfeição, a pressa é a uma grande amiga dos problemas no orçamento. Tentar fazer uma reforma rápida vai trazer mais gasto, mais desperdício e dor de cabeça. Por isso, fuja de profissionais que querem fazer tudo correndo.

É fundamental combinar prazos e adequá-los à sua rotina, assim você se organiza, a probabilidade de atrasos se torna menor e a obra será concluída mais rapidamente. Lembre-se que a reforma da sua casa representa a segurança e o bem-estar da sua família.

5. Lembre-se do imprevistos

Mesmo estabelecendo planejamento e prazos, sempre há chance de imprevistos ocorrerem durante a reforma. É importante você se preparar para isso, pois eles podem ser menores, como a quebra de um azulejo durante a troca da pia, ou maiores, como um cano perfurado enquanto está sendo instalando o exaustor do fogão.

Tenha sempre uma reserva financeira destinada para esses imprevistos e não esqueça de manter a calma. O planejamento é a dica mais importante para reformar a sua casa com tranquilidade, por isso, ele deve ser seguido em todas as etapas da obra.

Categorias: Associados