Comportamento

Vantagens de usar canais digitais para transações financeiras

Vantagens de usar canais digitais para transações financeiras
Tempo de Leitura: 3 minutos

Se preferir, ouça a narração deste artigo:

A pandemia de Covid-19 transformou o mundo de diversos modos. Um deles foi a popularização de canais digitais para transações financeiras. Por meio da internet, os brasileiros puderam realizar milhões de operações sem sair de casa. Muitos também receberam o auxílio emergencial diretamente no app da Caixa.

Porém, a expansão tecnológica já vem de antes. Trata-se de uma tendência mundial na qual o país vem embarcando com força. Os números da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) atestam isso. Continue conosco para saber os detalhes e aproveite para descobrir como as soluções digitais podem facilitar ainda mais seu dia a dia.

Tipos de operações em canais digitais

A Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2020, feita em parceria com a Deloitte, mostra que os hábitos dos correntistas estão cada vez mais on-line. Por isso, as instituições financeiras têm investido bastante na digitalização dos serviços.

Segundo o estudo, o orçamento dos bancos para a área de tecnologia cresceu 24% em 2019, em comparação ao ano anterior. O montante injetado chegou a R$ 24,6 bilhões.

Esse movimento ocorre, em parte, porque as transações bancárias estão mais comuns nos canais digitais. O internet banking e mobile banking foram responsáveis por 63% das transações bancárias em 2019.  Basicamente, a cada 10 transações no país, mais de seis acontecem nos meios digitais.

Mas o mobile banking, que é o uso dos serviços em aplicativos móveis, foi o grande responsável por esse impulso.

Desde 2018, as operações feitas por celular são a modalidade favorita do público. É pelo app da instituição financeira que os brasileiros mais pagam contas e transferem dinheiro, entre outras ações possíveis.

Em 2019, ano-base para o levantamento mais recente da Febraban, foram movimentados R$ 39,4 bilhões apenas via mobile banking, o que representa 44% do total.

Mas que tipos de serviços bancários podem ser feitos por aplicativo, afinal de contas? Bem, a opção mais comum dos correntistas é a consulta a saldos e extratos. Em seguida vêm o pagamento de contas e as transferências por DOC ou TED (a pesquisa não considerou os pagamentos com Pix).

Quando se trata de serviços como consulta de investimento, contratação de crédito e contratação de seguros, o internet banking ainda é o grande favorito do público. Essa modalidade teve crescimento até duas vezes superior quando comparada com as transações via mobile banking

Dica: Cooperativa de crédito: o que é e como funciona

Quais são as vantagens dos canais digitais?

Ainda conforme a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2020, cabe destacar o número de usuários ativos no sistema de mobile banking. Registram-se incríveis 93,6 milhões de contas, das quais aproximadamente 88,8 milhões são de pessoas físicas e 4,8 milhões, de pessoas jurídicas. 

Em percentuais, a abertura de contas pelo internet banking teve o maior crescimento, batendo os 121% em 2019 quando comparado aos números de 2018.

As instituições bancárias mais tradicionais do Brasil oferecem essas modalidades. Além delas, existem as fintechs, também conhecidas como bancos digitais, que não mantêm agências físicas e oferecem todos os serviços pela internet.

Ainda, têm se popularizado as chamadas carteiras digitais. Esses aplicativos nem sempre são geridos por um banco ou outra empresa do gênero, mas permitem fazer pagamentos e transferências. 

Dica: Open banking: entenda como funciona esse sistema

Quer saber por que tantos brasileiros aderiram aos canais digitais? Então confira quatro vantagens dessa alternativa:

Comodidade

O primeiro motivo para uma pessoa aderir aos canais digitais é a possibilidade de fazer transações financeiras sem sair de casa. Isso poupa aquele tempo que seria perdido na fila. Sem contar que dá para realizar muitas das operações a qualquer hora do dia, inclusive aos fins de semana e feriados.

Menos burocracia

A tecnologia facilitou muito a vida dos clientes. Da transferência imediata à contratação de crédito, tudo pode ser feito pelos canais digitais e de forma superágil. Ninguém precisa aguardar dias e mais dias para obter resposta a suas solicitações.

Maior segurança

É importante ressaltar que todos os serviços bancários por meios digitais são regulados pelo Banco Central do Brasil. Graças a esse monitoramento, as instituições bancárias e as fintechs seguem rigorosos padrões de segurança. Protocolos como a biometria e o reconhecimento facial são exemplos de recursos que minimizam os riscos de fraudes.

Cuidados com operações em canais digitais

Apesar das vantagens, tenha em mente que a digitalização das transações financeiras não exclui totalmente as chances de problemas. Existem criminosos que tentam invadir as contas para roubar dinheiro e aplicar outros tipos de golpe.

Para se proteger, use sempre o aplicativo e site oficiais de seu banco ou cooperativa de crédito. E lembre-se de fazer as operações quando você estiver em casa. É que as redes públicas de Wi-Fi são mais suscetíveis a ataques. Com esses cuidados simples, dá para aproveitar o melhor dos canais digitais.

Gostou do artigo de hoje? Esperamos que o conteúdo tenha sido útil. Siga de olho no blog da Cresol para mais informações sobre economia e finanças pessoais. Até a próxima!

Categorias: Comportamento , Soluções Financeiras